Com show de Messi e dois golaços, Deco se despede dos gramados

O Estádio do Dragão, em Lisboa, sediou nesta sexta-feira um clássico do futebol europeu. Porto de 2004 x Barcelona de 2006 marcou a despedida do meia Deco dos gramados.

Apesar do clima amistoso entre as equipes, os jogadores protagonizaram uma eletrizante partida, que culminou no empate por 4 a 4, com dois golaços de Deco, um pelo Barca e outro pelo Porto.

A partida contou com grandes estrelas do futebol como Messi, Eto’o, Giuly, Costinha, Vítor Baía, Paulo Ferreira e Belletti, além das surpresas Luizão e Djalminha.

Ronaldinho Gaúcho, Xavi e Mourinho, a princípio confirmados para a festa, não puderam comparecer. O meia do Atlético Mineiro justificou sua ausência alegando ter perdido o voo.

O técnico José Mourinho e o ex-lateral Roberto Carlos mandaram mensagens, que foram exibidas no telão do estádio, de apoio e gratidão ao meia.

O jogo

A partida começou melhor para a equipe portuguesa, que logo aos 10 minutos abriu o placar após bela jogada entre McCarthy e Derlei, que com categoria colocou a bola no canto esquerdo do goleiro. O atacante sul-africano quase marcou o segundo, após excelente assistência do autor do primeiro gol.

Depois de desperdiçar um gol, McCarthy não perdoou e após receber um passe na medida de Deco, empurrou com tranqüilidade para o fundo das redes. No final da primeira etapa, Deco “O Mágico”, como é chamado pela torcida do Porto, foi substituído e ovacionado pelo estádio.

No segundo tempo, o meia trocou de camisa e voltou no time do Barcelona, junto com o goleiro Vitor Baía, Messi e Eto’o. E logo aos nove minutos, o argentino deixou dois marcadores no chão, driblou o goleiro e deu o gol de presente para Samuel Eto’o.

Messi ainda fez outra jogada brilhante, e desta vez, após rebote do goleiro, Deco por cobertura, enfim marcou seu gol. Jankauskas, pelo Porto, e novamente Eto’o pelo Barcelona, voltaram a mexer no placar.

Antes do fim da partida, Deco voltou a vestir a camisa 10 do Porto e ainda teve tempo para marcar mais um gol. Um golaço.