Apresentado no Grêmio, Felipão diz que não vai esquecer o “7×1”

Getty Images

Durante sua apresentação oficial, o técnico Luis Felipe Scolari, confessou que nunca vai esquecer a derrota vexatória da seleção brasileira diante da Alemanha, por 7 a 1 na semi-final da Copa.

“Se vocês me perguntarem o que vai ficar marcado para mim, o que nunca vou esquecer, é o resultado catastrófico do 7 a 1. Sou sabedor disso”, comentou o treinador. “Mas os resultados gerais não dizem e não dão a oportunidade de pessoas manifestarem de maneira pejorativa tudo que eu fiz até hoje. Não estou aqui para discutir esses dados porque não vale a pena” – Completou Scolari.

Felipão comentou ainda que sua trajetória no futebol passou a ser execrada por 90% das pessoas ligadas ao futebol por decorrência de um determinado resultado de jogo.

O técnico que retornou ao comando do Grêmio após 18 anos, também fez questão de ressaltar sua alegria em retornar ao clube gaúcho, onde obteve várias conquistas.

“Nada me faz mais feliz do que estar aqui hoje. A receptividade de todo o país foi espetacular.” disse o técnico que assumiu, mais uma vez, sua paixão pelo clube.

Especializado em competições de mata-mata, Felipão garantiu que não vai focar apenas em uma competição “Eu gosto de Copa do Brasil, mas tem que gostar do Campeonato Brasileiro, pois esse é nosso caminho inicial”.

Scolari aproveitou a oportunidade pra pedir a permanência do presidente Fábio Koff “Tomara que o dr. Fábio permaneça.Eu gostaria. Se ele me fez o convite, é por ele também eu estou aqui. É como meu segundo pai, uma pessoa que me ajudou muito no futebol. Se eu puder fazer o convite para ele ficar e se o conselho entender assim e se os torcedores também, maravilhoso”.

A estréia de felipão no comando do Grêmio será contra o Internacional, maior rival do tricolor, no dia 10 de Agosto, no estádio Beira Rio.