Tudo o que você precisa saber para o UFC 173

O UFC 173 acontece na noite deste sábado (24), em Las Vegas, nos Estados Unidos. Se você acompanha MMA, sabe que hoje o brasileiro Renan Barão tenta continuar sendo a máquina de destruição de rivais e que o coevento tem sabor de luta principal.

DESTAQUES
Renan Barão defende hegemonia no UFC contra T.J. Dillashaw
Cormier e Henderson definem próximo desafiante ao cinturão dos meio-pesados no UFC

Mas se você caiu de paraquedas, não se desespere. O Torcedores.com preparou um guia com tudo o que você precisa saber para o UFC 173.

QUEM LUTA?
O principal combate da noite é entre o brasileiro Renan Barão (32 vitórias, 1 derrota, 1 “no-contest”), atual campeão dos pesos galos (61 kg) e o norte-americano T.J. Dillashaw (9 vitórias e 2 derrotas). O coevento principal colacará frente a frente os meio-pesados (93 kg) os americanos Daniel Cormier (14 vitórias) e Dan Hederson (30 vitórias e 11 derrotas).

Outros 10 embates vão acontecer, com destaque para o brasileiro Francisco Massaranduba, que vai encarar o americano Michael Chiesa nos pesos leves (70 kg). A luta será a última do card preliminar. No card preliminar, além de Barão x Dillashaw e Cormier x Henderson, vale ficar atento ao confronto entre Robbie Lawler e Jake Ellenberger nos meio-pesados (77 kg).

O QUE ESTÁ EM JOGO?
Para Renan Barão e T.J. Dillashaw, o cinturão dos pesos galos. Barão é o dono do título desde 2012, quando se tornou campeão interino (o americano Dominick Cruz, campeão regular, estava afastado por lesão). Depois de duas defesas do título provisório, o brasileiro foi “promovido” a campeão linear. Desde então, foram duas vitórias em duas lutas.

Caso vença, além de ser o novo rei dos galos, Dillashaw colocará fim à invencibilidade de Barão. A única derrota do potiguar aconteceu em seu primeiro embate de MMA, em 2005. A partir daí, foram só vitórias e uma luta sem resultado (em 2007).

Já para Cormier e Henderson, a vitória será a credencial para a disputa do cinturão dos meio-pesados. O atual campeão da categoria, Jon Jones, defenderá seu domínio contra o sueco Alexander Gustafsson, em data a ser definida. Quem sobreviver enfrentará o vencedor de Cormier e Henderson.

Para Lawler e Ellenberger o triunfo pode representar a chance de enfrentar Johny Hendricks pelo título dos meio-médios. Lawler foi derrotado pelo campeão, em luta para definir o destino do cinturão abdicado pelo canadense Georges St-Pierre. Uma vitória convicente pode lhe colocar novamente na rota do título. Ellenberger pode receber uma chance com um bom desempenho no octógono.

ONDE ACOMPANHAR?
O canal Combate transmite todo o evento a partir das 20h (de Brasília).

CARD PRINCIPAL
Renan Barão x TJ Dillashaw (galos)
Dan Henderson x Daniel Cormier (meio-pesados)
Robbie Lawler x Jake Ellenberger (meio-médios)
Takeya Mizugaki x Francisco Rivera (galos)
Jamie Varner x James Krause (leves)

CARD PRELIMINAR
Michael Chiesa x Francisco Massaranduba (leves)
Tony Ferguson x Katsunori Kikuno (leves)
Chris Holdsworth x Chico Camus (galos)
Al Iaquinta x Mitch Clarke (leves)
Anthony Njokuani x Vinc Pichel (leves)
Sam Sicilia x Aaron Phillips (penas)
David Michaud x Li Jiangliang (meio-médios)



Jornalista, editor do Torcedores.com. Passagens pelos jornais Metro, O Estado de S. Paulo, Jornal da Tarde, Marca Brasil, Agora São Paulo, Diário de S. Paulo e Diário do Grande ABC.