Top 10: Grandes seleções que fizeram papelões em Copas do Mundo

Essas seleções não fizeram história nem tiveram bom desempenho nos Mundiais. Pelo contrário: se tornaram notáveis pela expectativa criada antes do torneio, mas, na hora que a bola rolou, decepcionaram.

DESTAQUE
Conheça seleções que fizeram história mas que não ganharam Copas

Conheça dez equipes que “amarelaram” nas últimas Copas:

1) Itália (2010)

 

A Azzurra chegou à África do Sul com o tatus de atual campeã, após a vitória sobre a França nos pénaltis no Mundial da Alemanha. Como fama não entra em campo, os italianos fizeram péssima campanha e foram eliminados na primeira fase, após empates com Paraguai e Nova Zelândia e uma derrota para a Eslováquia.

2) França (2010)

 

Vice-campeã da Copa anterior, os franceses não arrumaram nada na África. Com derrotas para África do Sul e México e um empate diante do Uruguai, deram adeus ao Mundial na primeira fase.

3) Inglaterra (2010)

 

Diferentemente de italianos e franceses, os britânicos chegaram, ao menos, nas oitavas de final da Copa de 2010. Mas foi justamente nesta etapa que a equipe sofreu um massacre: foi goleada por 4 a 1 pela Alemanha e voltou mais cedo para casa.

4) Brasil (2006)

 

Comandado por Carlos Alberto Parreira, o Brasil contava com o “quadrado mágico” para encarar a Copa da Alemanha: Kaká, Ronaldinho Gaúcho, Adriano e Ronaldo. Mas o quarteto não foi suficiente para a equipe jogar bem e, principalmente, superar a França nas quartas de final.

5) França (2002)

 

Campeã em casa no Mundial anterior, os franceses tinham Zidane, Henry e toda a moral de terem vencido também a Eurocopa em 2000. Mas a equipe fez péssima campanha na primeira fase: perdeu dois jogos, empatou um e deixou péssima impressão.

6) Argentina (2002)

 

Não tinha uma grande equipe, mas tem tradição e peso na camisa. Na Ásia, naufragou após vencer uma campanha irregular (vitória contra a Nigéria, derrota para a Inglaterra e empate diante da Suécia).

7) Espanha (1998)

 

A Fúria não era nem sombra da grande equipe que seria a partir de 2008, mas contava com bons jogadores, como o atacante Raúl, o meia Luis Enrique e o volante Hierro. Mas, na França, a equipe caiu na primeira fase, após perder para a Nigéria e empatar com o Uruguai. Nem a goleada por 6 a 1 sobre a Bulgária salvou.

8) Bulgária (1998)

 

De grande sensação em 1994, quando ficou em 4º lugar, foi uma decepção gigante em 1998. A equipe não venceu nenhuma partida e foi eliminada na primeira fase após empatar com o Paraguai, perder para a Nigéria e ser espancada pela Espanha por 6 a 1.

9) Colômbia (1994)

 

Chegou aos Estados Unidos como uma das favoritas ao título, mas não conseguiu apresentar bom futebol. Perdeu para Romênia e Estados Unidos e venceu a Suíça, mas mesmo assim foi eliminada na primeira fase. Para piorar, o zagueiro Andrés Escobar foi assassinado pouco tempo depois por causa do gol contra que fez contra os americanos.

10) Brasil (1966)
Campeão em 1958 e 1962, o Brasil era favorito na Inglaterra. Mas o time de Vicente Feola não empolgou e caiu na primeira fase, após derrotas para Hungria e Portugal. A Seleção venceu apenas a Bulgária, na estreia.



Jornalista, editor do Torcedores.com. Passagens pelos jornais Metro, O Estado de S. Paulo, Jornal da Tarde, Marca Brasil, Agora São Paulo, Diário de S. Paulo e Diário do Grande ABC.