Scolari não deve ‘inventar’ na lista da Seleção

O Brasil vai conhecer às 11h30 de amanhã (7) os 23 jogadores que vão tentar o hexa na Copa do Mundo. O técnico vai acabar com o mistério, embora não deva, de fato, surpreender com algum nome totalmente inesperado.

DESTAQUES

Com Robinho, veja a provável lista de convocados da seleção brasileira na Copa
Filipe Luís é a provável surpresa na lista de Felipão
Veja quem corre por fora para ser a surpresa de Felipão na Copa

Na última semana, os nomes do lateral-esquerdo Filipe Luís e do zagueiro Miranda, ambos do Atlético de Madrid, ganharam força.

Filipe (foto) não é, necessariamente, uma supresa, já que foi o reserva de Marcelo (Real Madrid) durante a Copa das Confederações, ano passado. Depois, perdeu espaço para Maxwell.

 

Miranda (foto), por sua vez, esteve no grupo da Copa das Confederações de 2009 e voltou a ser chamado por Felipão. A concorrência na zaga, contudo, é maior: ele disputará uma vaga com Dedé (Cruzeiro) e Marquinhos (Paris Saint-Germain). Thiago Silva (Paris Saint-Germain) e David Luiz (Chelsea) já foram confirmados por Scolari na lista, enquanto Dante (Bayern de Munique) tem presença praticamente certa.

 

Na lateral direita, Daniel Alves (Barcelona) é o cara. Não há dúvidas de que ele será o camisa 2 do Brasil. Quanto ao reserva, Rafinha (Bayern de Munique – foto) é o principal candidato, com Maicon (Roma) correndo por fora.

 

Além da dupla do Atlético de Madrid, há a indefinição quanto ao terceiro goleiro. Julio Cesar (Toronto FC) e Jefferson (Botafogo) já tiveram seus nomes confirmados. Diego Cavalieri (Fluminense) e Victor (Atlético-MG) são os principais candidatos à vaga restante.

Como ambos já defenderam a Seleção – Cavalieri foi o terceiro goleiro na Copa das Confederações – não haverá surpresas aqui. A não ser que Felipão “invente” na última hora e chame Fábio (Cruzeiro), por exemplo, o que não seria uma injustiça.

Entre ataque e meio de campo, poucas dúvidas. Luiz Gustavo (Wolfsburg), Paulinho (Tottenham), Ramires (Chelsea), Oscar (Chelsea), Willian (Chelsea), Bernard (Shakhtar Donetsk) e Fernandinho (Manchester City) devem ser os nomes de Felipão.

Fernandinho é quem apareceu por último e agradou, sobretudo, pela versatilidade. Com um jogador, Scolari resolve as funções que poderiam ser exercidas por Lucas Leiva (Liverpool) e Hernanes (Inter de Milão). E ainda sobra um jogador para a linha de frente. Phillippe Coutinho (Liverpool – foto) é outro jogador que está em grande fase, mas como não foi chamado anteriormente, não deve figurar na lista final.

 

Neymar (Barcelona), claro, e Fred (Fluminense) têm vaga cativa no ataque do Brasil. Hulk (Zenit), também. Jô (Atlético-MG) seria bola certa, contudo, machucou o joelho no domingo (4). Mesmo assim, deve estar na lista.

Robinho (Milan) e Alan Kardec (São Paulo) são os nomes cotados para a última vaga. Supresa, aqui, apenas no caso de Kardec, que nunca foi chamado pelo treinador, embora já tenha sido elogiado.

Foto: Rafael Ribeiro/CBF



Jornalista, editor do Torcedores.com. Passagens pelos jornais Metro, O Estado de S. Paulo, Jornal da Tarde, Marca Brasil, Agora São Paulo, Diário de S. Paulo e Diário do Grande ABC.