Phil Jackson daria um jeito no atual Lakers? Duvido

NBA
Getty Images

O Los Angeles Lakers talvez viva a pior crise da sua história. Fez uma temporada 2013/14 vergonhosa, com 27 vitórias e 55 derrotas, uma campanha que desonra as tradições da segunda franquia mais vencedora da NBA. Quem poderia resolver esta crise? Me arrisco a dizer que nem Phil Jackson.

Claro que a chance de Phil Jackson retornar aos Lakers como técnico é menor do que zero atualmente. Além de estar como diretor do New York Knicks, o Mestre Zen não tem mais saúde para aguentar uma maratona de 82 jogos e viagens estressantes.

Phil Jackson ainda é o técnico que mais conquistou títulos na história da NBA, com 11 anéis de campeão, seis pelos Bulls e cinco pelos Lakers. Tem uma fama justificada de saber lidar com os egos dos principais jogadores dos times que comanda. Mas o clima nos Lakers ficou tão ruim que nem ele daria jeito.

Por tudo que fez pelos Lakers, Kobe passou a receber 30 milhões de dólares por temporada. Valor que, mesmo sendo reduzido até 2015/2016, ainda o deixa entre os maiores salários da NBA, valor que impede o time de Los Angeles de fazer boas e necessárias contratações.

Bryant quase não jogou na última temporada por lesão, assim como Steve Nash, que chegou para ser uma das estrelas do time, mas sequer consegue engatar uma sequência de jogos. Pau Gasol, a terceira estrela, está desmotivado.

Qual é a solução para os Lakers? A meu ver, desmontar o time. Trocar Pau Gasol e Steve Nash. Contratar um técnico que já tenha jogado pelo clube – Byron Scott se enquadra neste perfil. A era vencedora dos Lakers acabou. É hora de recomeçar, de vez.

Crédito: Getty Images



Jornalista de esportes desde 2005, com passagem pelo UOL e Terra. Editor de comunidades do Torcedores.com e blogueiro do renanprates.com