Pacaembu palmeirense? Morumbi corintiano? Conheça histórias curiosas dos estádios paulistas

O Corinthians despediu-se do Pacaembu no dia 27 de abril, após vencer o Flamengo por 2 a 0, pela 2ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Timão deu adeus ao estádio que foi considerado sua casa por 74 anos.

Mas o que muitos corintianos talvez nem saibam é que outra equipe é que se sente tão, ou até mais, em casa do que o alvinegro. Assim como o fato de o Corinthians usar o estádio de outro rival para suas maiores festas.

Veja essa e outras histórias abaixo:

1) Palmeiras: o maior campeão do Pacaembu

Está certo que o Corinthians é o auto-proclamado “dono” do Pacaembu, pela relação que a torcida desenvolveu ao longo dos anos com o estádio municipal. Mas a verdade é que o Palmeiras é o clube que mais vezes foi campeão no local.

O alviverde tem 26 conquistas na “casa” corintiana, enquanto o rival preto e branco levantou 24 canecos. Vale lembrar que os números incluem torneios menores.

2) Tricolor do Pacaembu

spfc_pacaembu

Por um tempo, o Pacaembu foi “casa” do São Paulo. Nos anos 40, o Tricolor utilizava o estádio municipal já que o Morumbi só foi ser inaugurado, e mesmo assim parcialmente, em 1960.

E os são-paulinos não têm do que se queixar atuando no Pacaembu: foram seis títulos estaduais conquistados lá (1943, 1945, 1946, 1948, 1949 e 1957). Para se ter uma ideia, o Timão comemorou apenas três Paulistões no Pacaembu: em 1951, 1954 e em 2009.

3) Salão de Festas Para Corinthianos

Não é à toa que a torcida do Corinthians provoca os são-paulinos sobre o estádio do Morumbi. Ao longo da história, a casa tricolor foi palco de diversas conquistas importantes do Timão, como os Campeonatos Brasileiros de 1990, 1998 e 1999, os estaduais de 1999, 2001 e 2003 e o famoso título paulista de 1977, que pôs fim ao jejum de quase 23 anos.

4) Clubes “sem estádio”

Fazendinha

Torcedores de Corinthians e Flamengo ouviram (e, no caso dos flamenguistas, ainda ouvem) por muito tempo que seus clubes “não tinham estádio”. Não é bem por aí. Corinthians e Flamengo têm, sim, seus estádios.

Antes de o Itaquerão ser realidade, o estádio genuinamente alvinegro, de papel passado, foi o Parque São Jorge, junto à sede do clube. A Fazendinha (foto), como o local é conhecido, atualmente comporta 16 mil pessoas, capacidade insuficiente desde há muito tempo. Por isso, o Corinthians jogou a maior parte de sua história no Pacaembu.

A situação do Flamengo é parecida. O clube tem o estádio da Gávea, junto à sede social. Mas, com apenas 8 mil pessoas de capacidade máxima, não há como receber jogos. Por isso, o rubro-negro manda suas partidas no Maracanã.

5) O trator do Canindé

Foto aérea Canindé

Reza a lenda que, sob o gramado do Canindé, há um trator enterrado, esquecido durante as obras ocorridas no início dos anos 50. Mas o arquiteto do estádio da Portuguesa, Hoover Américo Sampaio, nega: “Isso não aconteceu”, disse ele ao jornal “O Estado de S. Paulo” em 2012.



Jornalista, editor do Torcedores.com. Passagens pelos jornais Metro, O Estado de S. Paulo, Jornal da Tarde, Marca Brasil, Agora São Paulo, Diário de S. Paulo e Diário do Grande ABC.