Opinião: Falta humildade a Paulo Henrique Ganso

Paulo Henrique Ganso não é humilde. E esta característica na sua personalidade acaba atrapalhando o seu rendimento em campo. Questionado recentemente pelo meu amigo Guilherme Palenzuela, sobre o tema em entrevista coletiva, o são-paulino mostrou a sua faceta pouco modesta.

“Como armador, não vejo alguém acima da média como eu”, falou Ganso, que ainda emendou. “Sempre fui acima da média, e isso procuro mostrar dentro de campo. Problemas que tive dentro de campo e extracampo me prejudicaram bastante”, completou.

Por que Ganso não engrena pelo São Paulo? Por que ele não consegue manter uma sequência como titular? Acho que a resposta está exatamente nessa postura. Ganso acha que tem feito por merecer ser titular absoluto.

Vou além: tenho certeza de que Ganso pensa que tem condições de estar na seleção brasileira. Pensa que a imprensa esportiva especializada o subvaloriza, e que Muricy Ramalho não deveria sequer pensar em deixá-lo na reserva.

Ganso, você realmente tem um talento acima da média. Mas a meu ver ainda não compensou o investimento e a força que o São Paulo fez para tirá-lo do Santos. E pensar que em 2009, muitos diziam que ele seria o titular do meio campo do Real Madrid no futuro, e Neymar, no máximo, jogaria num Getafe.

Ainda acho que Ganso pode brilhar no futebol brasileiro. Porém, ele precisa ser mais humilde. Seria um bom começo.

Crédito da foto: Reprodução



Jornalista de esportes desde 2005, com passagem pelo UOL e Terra. Editor de comunidades do Torcedores.com e blogueiro do renanprates.com