Opinião: Convocação para a Copa evidencia mau momento dos paulistas

Getty Images

Dos 23 jogadores da Copa do Mundo, a maior parte (nove) é paulista de nascimento. Mas nenhum dos convocados atua em times do Estado de São Paulo. Pela primeira vez desde 1930, não há nenhum representante de Corinthians, São Paulo, Palmeiras ou Santos no grupo que defenderá o Brasil no Mundial.

DESTAQUE
Opinião: O que o futebol paulista precisa fazer para voltar a mandar no Brasil

Dos quatro jogadores que atuam no país, dois jogam no Rio de Janeiro (Fred, do Fluminense, e Jefferson, do Botafogo) e dois, em Minas Gerais (Victor e Jô, do Atlético-MG). O restante está no futebol europeu. Alan Kardec, ex-Palmeiras e novo reforço do São Paulo (foto) chegou a ser cogitado, mas ficou de fora da relação.

A lista de Luiz Felipe Scolari evidencia o mau momento do futebol paulista vive em 2014. A temporada não começou bem para as equipes de São Paulo Foi a primeira vez em 15 anos que nenhum time do Estado não marca presença na Taça Libertadores. A última vez foi em 1998, quando Vasco, Cruzeiro e Grêmio foram os times brasileiros na competição.

Fato é que os clubes paulistas perderam a hegemonia do futebol nacional para os mineiros. Cruzeiro (atual campeão brasileiro) e Atlético-MG (último vencedor da Libertadores) roubaram os pontos que foram recentemente ocupados por Corinthians (campeão brasileiro em 2011 e da Libertadores em 2012) e do Santos (campeão continental em 2011).

Os paulistas têm capacidade para melhorar. À exceção do Palmeiras, que demitiu o técnico Gilson Kleina nesta quinta-feira (8), os clubes têm bons técnicos e bons jogadores. Falta um pouco mais de bom senso aos dirigentes, que preferem trocar farpas entre si a planejar com carinho as temporadas.

Com mais empenho, o Estado de São Paulo pode voltar a figurar na Seleção Brasileira já na próxima lista. E, quem sabe, na próxima Copa do Mundo.

 

Veja a lista de convocados para 2014:

 

 



Jornalista, editor do Torcedores.com. Passagens pelos jornais Metro, O Estado de S. Paulo, Jornal da Tarde, Marca Brasil, Agora São Paulo, Diário de S. Paulo e Diário do Grande ABC.