Opinião: Alberto Valentim é a melhor opção para o Palmeiras

Palmeiras
Divulgação/Palmeiras

Ricardo Gareca, Arce, Dorival Júnior e outros tantos treinadores têm seus nomes especulados como possíveis substitutos de Gilson Kleina no Palmeiras. Enquanto isso, o interino Alberto Valentim vai dando conta do recado e, nos três jogos em que dirigiu a equipe, conquistou 100% dos pontos disputados.

O retrospecto favorável de Valentim até o momento, com triunfos sobre Goiás, Sampaio Corrêa e Vitória, o credenciam como forte opção para continuar no comando do Palmeiras até a parada para a disputa da Copa do Mundo, por exemplo. Só falta a diretoria enxergar isso.

Valentim vem mostrando no dia a dia que merece a confiança dos dirigentes e, a cada resultado positivo, cria na cabeça de Paulo Nobre e companhia uma enorme dúvida, já vivida pela diretoria do Palmeiras em 2009.

DESTAQUES
Veja 10 comemorações emblemáticas do futebol
Itaquerão receberá mais um jogo antes da Copa

Na época, o também interino Jorginho acumulou uma sequência de vitórias e levou o time à liderança provisória do Campeonato Brasileiro. Sem visão, a direção preferiu pagar uma fábula de dinheiro a Muricy Ramalho, recém-demitido do São Paulo, e escanteou Jorginho. Como resultado, o time caiu de produção e terminou a temporada sem nenhuma conquista.

Cinco anos após o erro estratégico, a sorte sorriu novamente para o Palmeiras, que vê um treinador interino mostrar serviço, conquistar a confiança dos jogadores e da torcida e, de quebra, fazer o time encaixar uma forma positiva de jogar.

Valentim parece ter potencial para seguir o caminho de outros treinadores interinos que brilharam no futebol, como Oswaldo de Oliveira (ex-auxiliar de Vanderlei Luxemburgo), hoje um técnico renomado e tentando dar rumo ao Santos. Basta a diretoria do Palmeiras acreditar.



Redação do Torcedores.com