Luis Enrique aprova comparação com Guardiola no Barcelona; assista

Getty Images

Depois de um ano difícil para a torcida do Barcelona, aos poucos a tão desejada renovação começa a acontecer. Nesta quarta-feira, aconteceu a apresentação do novo técnico da equipe, o ex-jogador e capitão Luis Enrique. Mais uma vez a diretoria do clube catalão faz uma aposta. Foi assim com a chegada do Frank Rijkaard, do Guardiola, do Tito e com a do Tata Martino, na maioria das vezes foi acertada. Luis Henrique inclusive aprovou ser comparado a Guardiola na sua chegada.

“As comparações com Pep são ótimas, porque isso significaria que vamos tentar ganhar títulos. Envio uma saudação a partir daqui. Ele é um grande amigo, ganhou títulos em seu primeiro ano no Bayern e sua equipe têm uma identidade clara”

A torcida culé, que com a chegada do Neymar achava que o ano seria maravilhoso, se enganou. E apesar de se curvar para a categoria do brasileiro, ainda tem em mente toda a transação que culminou na saída do então presidente Sandro Rossell. Aquele momento mexeu com a cabeça da equipe. Consequentemente, todos tiveram uma baixa de performance, perderam partidas decisivas e os principais títulos em jogo.

Martino chegou com pompa, mas na hora H não conseguiu administrar a ‘crise’ e apesar de um bom começo, perdeu a mão da equipe. Crises financeiras, contusões dos teus principais jogadores Messi e Neymar, e falta de pulso, fizeram que a diretoria optasse por sua saída antes do fim do contrato. No fim ambas as partes queriam se separar.

 

A chegada do Luis Enrique parece um pouco com a do Pep Guardiola, pois ambos venceram com o Barça B. Luis Henrique teve uma ‘boa’ experiência na Roma e Celta e agora chega para comandar a renovação. Pep é um gênio e estrategista, tem o estilo de praticar até chegar a perfeição e acredita que a bola no chão é a alma do futebol. No seu modo de pensar, time sem a bola é um time sem sentido. Seu estilo dominou o mundo alguns anos atrás e apesar de fazer uma brilhante Bundesliga, ganhando com sete rodadas de antecedência, foi muito criticado pela diretoria da equipe alemã.

O estilo do novo treinador é diferente. Mais enérgico e explosivo, e menos perfeccionista, Luis Enrique sempre foi um jogador diferente. Com coração vibrante, ele deve adotar outro estilo para conseguir ‘ganhar’ as ‘vacas velhas’ do vestiário. Chegou com a pompa de ex-capitão da equipe e sabe que para encarar o ‘gênio’ do Messi, vai ter que mostrar muito serviço, carisma e claro resultados.

Assista aqui a coletiva do novo técnico:

Aqui os trechos mais relevantes da coletiva:

ABERTURA
“Eu gostei do vídeo. Este é o primeiro clube que acreditou em mim quando eu não tinha experiência, e aprendi muito em três anos no Barça B. Só posso estar aqui sorrindo, e estou ansioso para ouvir de novo o hino do Barça no Camp Nou. Eu gosto muito.”

MÃO FORTE?
“Eu não sei o que você entende você por uma mão forte. Gestionarei como o Barça B, Roma e Celtic. Admiro os jogadores, mas como treinador eu quero ajudar. Meu trabalho é o objetivo global, haverá trabalho duro, mas todos andam de mãos dadas, seremos exigentes”.

MESSI
“Estou muito feliz e contente por ter o melhor do mundo no Barça. Me motiva muito. O clube sente o mesmo e está na mesma linha. Ele acaba de renovar”.

XAVI
“É um amigo e ex- companheiro de equipe. Vamos sentar e conversar para avaliar o que ele vê e o que vemos. Em seguida, decidir”.

NEYMAR
“É o jogador muito importante para a equipe, foi um grande investimento do clube e estou muito contente por ele estar aqui”.

COMO JOGARÁ O BARCELONA
“Para o ataque. Vai jogar atacando, identificado com o Barça de sempre.”

SISTEMA TÁTICO
“O sistema, 4-3-3, 3-4-3 e 3-5-2, são só desenhos, mas no final queremos uma tática que se adapte aos jogadores e que fechem com uma linha de três, quatro ou cinco”.

TREINAMENTO
“Eu sei que os jogadores do Barcelona treinam bem e vamos treinar bastante”.

COMPARAÇÕES COM PEP
“As comparações com Pep são ótimas, porque isso significaria que vamos tentar ganhar títulos. Envio uma saudação a partir daqui. Ele é um grande amigo, ganhou títulos em seu primeiro ano no Bayern e sua equipe têm uma identidade clara”.

GUARDIOLA, LUIS ENRIQUE, VAN GAAL E MOURINHO, em Barca 1997 a 2000
“Conhecemos pessoas maravilhosas nesses anos. Gosto de ver as fotos da época e o que significou para o Barça ”

Veja mais fotos da Apresentação:



Sou amante e estudioso de esportes! Nasci em São Paulo, estudei em Los Angeles, NY e fiz pós-graduação em Barcelona, sempre acompanhando de perto as competições esportivas pelo mundo.