‘A Liga’ fala com líderes dos barras bravas e aponta La 12 como ameaça para Copa

barras

No programa “A Liga”, da TV Bandeirantes, líderes dos barras bravas, torcidas organizadas da Argentina, falaram sobre os planos para desembarcar no Brasil para a Copa do Mundo.

Dentre os entrevistados por Cazé Peçanha esteve Rafa Di Zeo, tido como uma das pessoas mais perigosas do futebol argentino. Em conversas com especialistas da imprensa local e líderes dos barras bravas, o apresentador citou a La 12, temida organizada do Boca Juniors.

DESTAQUE
Convocados para a Copa: Argentina pronta para a batalha

Com adeptos já vivendo no Brasil, os membros das organizadas foram apontados, junto com os hooligans ingleses, como uma ameaça à paz no entorno e no interior dos estádios brasileiros durante o Mundial. Durante a entrevista, foi citado que mais de 100 integrantes já possuem ingressos para os jogos da Copa.

O assunto logo repercutiu no Twitter e internautas falaram sobre a presença das organizadas argentinas durante a Copa:

Crédito da imagem: Reprodução/Twitter.com/OficialALiga



Flávio Moreira é jornalista especializado em mídias sociais. Com passagens por UOL e Electronic Arts, é apaixonado por esporte e acredita na produção de conteúdo feito de torcedor para torcedor.