LeBron pode não jogar se Sterling continuar na NBA

Getty Images

LeBron James pode liderar um movimento de boicote na NBA caso a liga não decida por banir Donaldo Sterling. Acusado de atos de racismo, o cartola do Los Angeles Clippers vem sendo pressionado a vender o time e deixar de participar de negociações do campeonato.

Em recente entrevista ao programa Jim Rome on Showtime, na última quarta-feira, Roger Mason Jr., que já foi jogador do Miami Heat, disse ter presenciado James dizer que não jogaria caso Sterling continuasse na NBA. “Eu estava no vestiário há uns três ou quatro dias, é nós conversamos sobre isso. Ele não vai jogar [na próxima temporada] se Sterling continuar sendo dono do time”, afirmou.

Mesmo com o banimento de Sterling já decretado e a ordem para que venda os Clippers, seus advogados ainda tentam manobras na Justiça comum para não validar a decisão da NBA.

Apesar das declarações fortes e do futuro ainda duvidoso, é possível acreditar que o astro do Heat seria capaz de algo assim. Sempre engajado em causas políticas e sociais, LeBron tem se mostrado um grande líder e uma decisão como esta teria muito peso na decisão da alta cúpula da liga.

 

 

 

 



Flávio Moreira é jornalista especializado em mídias sociais. Com passagens por UOL e Electronic Arts, é apaixonado por esporte e acredita na produção de conteúdo feito de torcedor para torcedor.