Galvão é um baita influenciador da seleção brasileira na Copa

galvão bueno
Reprodução/TV Globo

Galvão Bueno é um baita influenciador da seleção brasileira na Copa do Mundo. Exemplos na história recente comprovam como o narrador da TV Globo pode criar mitos e vilões do país em suas transmissões.

Denilson, que hoje é comentarista da TV Bandeirantes, mas disputou duas Copas do Mundo com a seleção brasileira, admitiu em entrevista aos amigos Bruno Freitas e Vinicius Mesquita publicada hoje no UOL que o seu maior lance da carreira, quando fugiu de quatro marcadores turcos, ganhou esta proporção por causa de Galvão Bueno.

LEIA MAIS
Globo faz série equilibrada sobre Senna e mostra até críticas de Galvão
Top 5: Frases de Galvão que veremos na Copa do Mundo

“Acho que aconteceu no momento certo, na hora certa, e o Galvão Bueno valorizou tanto aquela jogada que chamou a atenção, senão não teria repercutido tanto. Então o grande responsável pela repercussão disso é o Galvão Bueno, não sou nem eu”, admitiu o agora ex-jogador.

Mas Galvão não influencia só positivamente. O ex-lateral Roberto Carlos, hoje treinador na Turquia, guardou por muito tempo uma mágoa do narrador pelo célebre lance da ‘ajeitada na meia’ que resultou no gol de Thierry Henry que eliminou a seleção brasileira nas quartas de final da Copa do Mundo de 2006.

Veja os convocados para a seleção brasileira na Copa:

“Essas pessoas vão ter o momento de sofrimento. Eles vão precisar de alguém para ajudar a se levantarem. E na época de Copa do Mundo, ele fez a minha mãe chorar por muito tempo. Essa pessoa não foi profissional…eu nunca fui protagonista de nada. Sou apenas um jogador de futebol. Tem gente no meio do futebol que quer ser mais protagonista que os jogadores”, disse o jogador em entrevista coletiva em 2010, quando ainda atuava pelo Corinthians.

Hoje em dia, Roberto Carlos, que participará da equipe de comentaristas da Globo na Copa do Mundo, alega que tudo foi esclarecido e que Galvão até lhe pediu desculpas pelo fato. Mas fica a dúvida: até que ponto devemos dar tanto ouvido a tudo que Galvão diz nas transmissões? Só porque a Globo é a emissora que terá a maior audiência da Copa? Não acho que seja para tanto.

Crédito: Reprodução



Jornalista de esportes desde 2005, com passagem pelo UOL e Terra. Editor de comunidades do Torcedores.com e blogueiro do renanprates.com