Ex-bandeirinha aproveita fama da colega e vira dirigente

bandeirinha

Precursora das “gostosas” com a bandeirinha na mão, Ana Paula de Oliveira, que vinha sumida da mídia, aproveitou a onda de elogios e polêmicas envolvendo a catarinense Fernanda Colombo Uliana e voltou aos holofotes.

Desta vez, no entanto, a ex-capa da Playboy não virou notícia por um erro de arbitragem, comum quando estava na ativa, ou por estampar outra revista destinada ao público masculino.

DESTAQUES
Veja fotos da bandeirinha que vem chamando a atenção no Brasil
Bandeirinha não pode errar porque é bonita?

A ex-bandeirinha, agora, é dirigente de futebol, graças a uma manobra do astuto presidente da CBF, José Maria Marin, que promoveu mudanças no departamento de arbitragem da entidade que comanda o esporte no país.

Marin recolocou o polêmico Sérgio Corrêa na presidência da Comissão de Arbitragem em substituição a Antônio Pereira da Silva, agora secretário do órgão. A bandeirinha, ou melhor, ex-bandeirinha, assume a função de diretora-secretária da ENAF (Escola Nacional de Arbitragem de Futebol).

A ex-auxiliar será a responsável pela reciclagem dos apitadores de cada federação do país, e se disse honrada com o convite e “à disposição para o que precisarem”. Belo timing, não acham?



Redação do Torcedores.com