Eliminação de Galo e Chelsea foi boa para a Seleção

salários
Vipcomm/Divulgação

A saída do Atlético-MG da Taça Libertadores e do Chelsea da Liga dos Campeões da Europa foi boa, de certa forma, para a Seleção Brasileira. Com menos jogos a disputar, diminuem as chances que uma lesão possa tirar da Copa do Mundo jogadores importantes como o zagueiro David Luiz e o atacante Jô.

Só não é o cenário perfeito para Luiz Felipe Scolari porque o Real Madrid chegou à final da Liga dos Campeões. A equipe do lateral-esquerdo Marcelo ainda enfrentará o Atlético de Madrid, dia 24 de maio, em Lisboa.

DESTAQUES
Saiba quem são os culpados pela eliminação do Atlético-MG na Libertadores
Simeone mostra para Mourinho quem é o melhor técnico da atualidade

Mas o empate por 1 a 1 diante do Nacional de Medellín (COL), na quinta-feira (1º), em Belo Horizonte, tirou o Galo e o atacante Jô nas oitavas de final da Taça Libertadores. Caso avançasse às quartas de final, os mineiros fariam duas partidas antes da Copa. Risco a menos para Scolari, pois Jô é o reserva imediato de Fred na grande área. E Fred, bem… não é dos atletas mais confiáveis quando o assunto é condição física.

O mesmo vale para o quarteto brasileiro do Chelsea. Com a derrota para o Atlético de Madrid por 3 a 1, no último dia 30, o zagueiro David Luiz e os meias Oscar, Ramires e Willian ganharam um refresco. Em contrapartida, o atacante brasileiro naturalizado espanhol Diego Costa terá de enfrentar as botinadas da zaga do Real Madrid na decisão.

Barcelona (de Neymar e Daniel Alves), Bayern de Munique (de Dante e, talvez, Rafinha), Manchester City (de Fernandinho), Paris Saint-Germain (de Thiago Silva, capitão do Brasil), Milan (de, talvez, Robinho) também foram eliminadas da Liga dos Campeões. O Tottenham, do volante Paulinho, caiu na Liga Europa. O Botafogo, do goleiro Jefferson, já saiu da Taça Libertadores.

Ao que tudo indica, será a segunda Copa seguida sem que o Brasil sofra cortes antes da hora por lesão.

 

Foto: Rafael Ribeiro/CBF



Jornalista, editor do Torcedores.com. Passagens pelos jornais Metro, O Estado de S. Paulo, Jornal da Tarde, Marca Brasil, Agora São Paulo, Diário de S. Paulo e Diário do Grande ABC.