DIS volta à carga para receber mais por venda de Neymar

Neymar

As confusões envolvendo a venda de Neymar para o Barcelona estão longe de acabar. A DIS, empresa que detinha 40% dos direitos econômicos do atleta, informou nesta segunda-feira que vai às últimas consequências para receber o que considera justo do montante que envolveu a saída do jogador do Santos.

Até agora, o grupo alega ter recebido somente 6,8 milhões de euros, valor calculado em cima dos 17,1 milhões anunciados como valor oficial da transação inicialmente.

Diante das denúncias e revelações ocorridas na imprensa e através do ex-presidente Sandro Rossell, dando conta que a transação de Neymar envolveu 90 milhões de euros (incluindo muitas comissões), a DIS voltou à carga e quer 40% deste valor.

DESTAQUE
Trio com brasileiro pode render fortuna ao Barça

Para isso, segundo o jornal espanhol Marca, a empresa promete processar todos os envolvidos, desde o Barcelona até o Santos, passando pela N&N, empresa de propriedade do pai de Neymar e do próprio craque do Barça.

“Recebemos todas as informações que pedimos do Santos e do Barcelona, mas ainda não recebemos nada do Neymar e da N&N, como esperávamos. Iniciaremos imediatamente um processo judicial contra todas as partes”.

O Barcelona considera ter feito a operação de forma transparente e diz que, se a empresa tem dinheiro a receber, não é do clube, e sim das partes que já foram pagas. A DIS, por outro lado, deseja ter em mãos algo entre 23 e 36 milhões de euros.



Redação do Torcedores.com