Cruzeiro com cara de campeão e Grêmio injustiçado marcaram a noite do Brasil na Libertadores

Libertadores

Mais um time brasileiro se despediu da Libertadores da América na noite de quarta-feira. Derrotado por 1 a 0 pelo San Lorenzo, na Argentina, na última semana, o Tricolor gaúcho devolveu o resultado em sua arena, levando a decisão da vaga nas quartas de final para as penalidades máximas.

Menos efetivo do que os hermanos, os gaúchos perderam por 4 a 2 e deram adeus à competição continental diante de seus torcedores, que lotaram o belíssimo estádio gremista.

A alma brasileira foi lavada pelo Cruzeiro, que reviveu suas melhores noites do Brasileirão 2013 e, jogando como se estivesse em casa, fez 2 a 0 no Cerro Porteño, em Assunção, deixando os paraguaios pelo caminho e selando passagem à próxima fase do torneio.

DESTAQUES
Morte de Senna é fantasma para brasileiros
Senna tem a melhor volta da Fórmula 1

O jogo teve contornos dramáticos quando o zagueiro Bruno Rodrigo foi expulso ainda com o placar de 0 a 0. Pouco depois, no entanto, Dedé abriu o placar. Já nos acréscimos, após segurar muita pressão dos donos da casa, Dagoberto deu números finais ao jogo e assegurou a classificação.

Pelo futebol que jogou em Assunção, o Cruzeiro mostra que está renascido na competição e tem tudo para se tornar o grande favorito à conquista, ainda mais agora, com o copeiro Grêmio fora do caminho.

 



Redação do Torcedores.com