Corinthians perde mais sem Jadson do que São Paulo sem Pato

Independente do que achemos sobre as cláusulas contratuais que impedem jogadores de um determinado clube os enfrentaram enquanto estão emprestados a outro, o fato é que isso vai acontecer no próximo São Paulo e Corinthians, pela segunda vez neste ano.

DESTAQUES
Com Mano, Corinthians aposta no passado para triunfar no futuro
Clássicos prometem esquentar o domingo do Brasileirão

Na Paulistão, quando isso aconteceu Alexandre Pato ainda não havia estreado pelo Tricolor Paulista, enquanto Jadson, apesar dos poucos jogos realizados, já despontavam como a principal peça ofensiva do Timão. Naquela partida, o meia ficou de fora e o Corinthians perdeu, mas, desde então, nem perdeu e nem sofreu mais gol, o que prova a importância que Jadson tem para o time.

No próximo domingo, novamente haverá esse impedimento. Agora, Jadson e Pato já então encaixado nas suas equipes e são consideradas peças importantes para os dois. O Corinthians, atual líder do campeonato, tem em seu camisa 10 o cérebro da equipe e não há outro jogador com essas capacidades no elenco. Danilo, Luciano e Renato Augusto são os nomes cotados para substitui-lo, mas nenhum deles, hoje, tem capacidade para executar o mesmo papel com tanta perfeição.

No lado do São Paulo, por sua vez, A. Pato pode encontrar um substituto com mais facilidade, porque não está jogando um futebol no tricolor paulista que o permita considerá-lo insubstituível. Ademilson, Pabón e Boschila são alguns nomes que podem entrar em seu lugar sem alterar o atual esquema tático usado por Muricy Ramalho.

Dessa forma, Jadson fará muito mais falta para o Timão do que Pato para o São Paulo. A última vez que o líder do Brasileirão perdeu foi justamente diante do Tricolor, quando Jadson não esteve em campo.

Foto: Luiz Pires/VIPCOMM