Com Henrique, Palmeiras esquece Alan Kardec

A saída de Alan Kardec do Palmeiras foi traumática e revelou os problemas que o clube tem para, dentro de um orçamento limitado, montar um elenco forte e que faça jus as ambições palmeirenses no ano do centenário.

Sem Alan Kardec, o Palmeiras resolveu fazer uma aposta e trouxe Henrique. O atleta que passou por muitos clubes pequenos do interior paulista, além de Santos e Portuguesa, seu último clube, chegou ao alviverde após recusar uma proposta do Flamengo.

Cercado de desconfiança e em meio a uma crise, Henrique fez sua estreia contra o Rubro-Negro carioca e marcou um gol, mas não conseguiu evitar a derrota da equipe por 4 a 2. Na segunda partida, contra o Sampaio Corrêa, mais uma boa apresentação do novo artilheiro e mais um gol marcado que, no entanto, não impediu uma nova derrota do alviverde.

Na sua estreia no Pacaembu, porém, Henrique teve o seu tão esperado final feliz. Com mais um gol marcado do novo artilheiro, o Palmeiras venceu o Goiás por 2 a 0 e deu um basta na crise que não se encerrou após a demissão de Gilson Kleina.

Alan Kardec já é assunto do passado no Palmeiras. Certamente fará falta, mas com Henrique, o Palmeiras está aprendendo a seguir sua vida e a mostrar que não há jogador maior do que clube. Henrique está aí e pronto para ajudar nisso.

Reprodução:SitePalmeiras