Caro Oswaldo, aprendeu que o Damião tem que ser reserva do Santos?

Damião
Divulgação/Santos FC

O técnico Oswaldo de Oliveira enfim resolveu colocar o atacante Leandro Damião no banco de reservas no jogo contra o Figueirense. Curiosamente, o Santos marcou dois gols no Campeonato Brasileiro após quatro rodadas. Coincidência?

Nos três primeiros jogos, o Santos marcou apenas um gol. No último, contra o Figueirense, fez dois. E teve chance de fazer mais. Se não foi brilhante, pelo menos ganhou sem questionamento.

O Santos rende mais sem Leandro Damião. O estilo de jogo traçado por Oswaldo de Oliveira funciona mais sem um centroavante, pois é um esquema tático rápido e ofensivo. Mas por que Damião é titular? Porque custou mais de R$ 40 milhões aos cofres do Peixe, oras.

Como já escrevi em meu blog pessoal, Leandro Damião vale 40 milhões? Vale custar ao clube, entre parcelas a pagar, salário e ajuda de custo, R$ 1 milhão mensais? Claro que não. Até mesmo ele deve saber disso. O camisa 9 jogou até aqui o que sabe. Sempre mostrou muita garra, disputou todas as bolas. Mas não tem tantos recursos técnicos como acha que tem.

Infelizmente para o torcedor santista, o casamento entre Santos e Leandro Damião não deve mesmo dar certo. Se sou diretor do Peixe, assumo o erro, admito que foi uma aposta que não deu certo, e vendo para a Europa. Simples assim. Que ambos sejam felizes depois. Separados.

Crédito: Divulgação/Santos FC



Jornalista de esportes desde 2005, com passagem pelo UOL e Terra. Editor de comunidades do Torcedores.com e blogueiro do renanprates.com