Brasil aposta na tradição para ir bem nas 500 Milhas de Indianápolis

Prova mais tradicional do automobilismo norte-americano, as 500 Milhas de Indianápolis acontecem às 13h (horário de Brasília) deste domingo (25). E o Brasil tem chances reais de ter o grande vencedor da festa, que acontece pela 98ª vez no Indianapolis Motor Speedway, nos Estados Unidos.

No ano passado e em outras seis oportunidades foi assim. Tony Kanaan, que estará na pista amanhã, venceu a edição 2013 da prova pela KV Racing. Neste ano, está na Ganassi, um dos times mais fortes da temporada. Embora tenha sido o mais rápido do “Carb Day”, treinos que aconteceram neste sábado (24), o piloto do carro número 10 largará apenas no 16º lugar do grid.

Em melhor colocação na largada estará Helio Castroneves (foto), da Penske. O carro número 3 do brasileiro sairá no quarto lugar, mesma posição alcançada no “Carb Day” deste sábado. Além da boa posição de saída, está ao lado de Castroneves a experiência de quem já cruzou a linha de chegada do circuito oval na frente de todos em 2001, 2002 e 2009.

Com mais uma vitória, aliás, Helinho igualará o recorde de conquistas dos americanos A.J. Foyt (1961, 1964, 1967, 1977), Al Unser (1970, 1971, 1978, 1987) e Rick Mears (1979, 1984, 1988, 1991).

Eles não foram os únicos brasileiros a terem seus rostos eternizados no troféu da tradicional prova. Emerson Fittipaldi (1989 e 1993) e Gil de Ferran (2003) também venceram.



Jornalista, editor do Torcedores.com. Passagens pelos jornais Metro, O Estado de S. Paulo, Jornal da Tarde, Marca Brasil, Agora São Paulo, Diário de S. Paulo e Diário do Grande ABC.