Atletas da seleção foram “econômicos em títulos” antes da Copa

marcelo
Getty Images

A seleção se apresenta nesta segunda-feira na Granja Comary, em Teresópolis, visando o início da preparação para a Copa do Mundo, que será disputada em solo brasileiro a partir do dia 12 de junho.

Dos 23 jogadores convocados por Luiz Felipe Scolari, Marcelo deve ser o último a chegar. E o lateral-esquerdo tem um bom motivo: as celebrações pelo título da Liga dos Campeões pelo Real Madrid, no último sábado, diante do Atlético.

Marcelo, aliás, é um dos poucos selecionados que teve esse privilégio. Apenas sete jogadores chamados por Felipão, e que iniciarão a disputa pelo tão sonhado “hexa”, foram campeões em seus respectivos clubes no primeiro semestre deste ano.

Os demais felizardos foram: o zagueiro Dante, que conquistou o Campeonato Alemão e a Copa da Alemanha pelo Bayern. Henrique, que se sagrou campeão da Copa da Itália pelo Napoli. Thiago Silva e Maxwell, campeões franceses pelo PSG. Fernandinho, campeão inglês pelo Manchester City. E Bernard, do Shakhtar, campeão ucraniano.

O lateral Marcelo, além da Liga, garantiu ainda a Copa do Rei, ajudando a derrotar o eterno rival Barcelona.

Neymar, principal nome da seleção brasileira e um dos destaques do Barcelona, naufragou junto com o time catalão. A péssima temporada da equipe culminou com a saída do técnico Tata Martino. Luis Enrique assumirá o posto.

O Brasil estreia na Copa do Mundo dia 12 de junho, diante da Croácia, na Arena Corinthians, em São Paulo. Ficamos na torcida para que a falta de títulos dos nossos principais astros aumente ainda mais a vontade de garantir o troféu mais importante do planeta.

Crédito da foto: Getty Images



Jornalista.