Agora é Copa: veja quem deve se cuidar para tentar o hexa

Jefferson Bernardes/VIPCOMM
Fred, atacante da Seleção Brasileira de Futebol / Crédito: Jefferson Bernardes/VIPCOMM

Agora é Copa do Mundo e não dá mais para vacilar. Os 23 escolhidos do técnico Luiz Felipe Scolari já são de domínio público, e precisam se cuidar se não quiserem perder lugar na lista final para os que estão de sobreaviso no caso de alguma lesão.

O histórico de alguns jogadores preocupa, e não é de se estranhar se eles “tirarem o pé” em alguns compromissos que terão de agora até o momento da apreentação para a seleção. Tudo pelo hexa.

O primeiro desta lista é o atacante Fred, do Fluminense. Driblando uma ou outra contusão desde o meio da temporada passada, o camisa 9 eleito por Felipão para comandar o ataque na busca pelo hexa sabe que todo cuidado é pouco, e vai se precaver ainda mais.

DESTAQUES
Felipão dá recado a Ronaldinho
Top 5: os goleiros reservas do Brasil nas conquistas

Seu reserva imediato, Jô, curiosamente, hoje está contundido. O goleador do Galo foi bancado por Felipão, mas precisa deixar os problemas médicos para trás o mais rapidamente possível para se garantir entre os 23.

Um dos jogadores mais caçados do futebol mundial é Neymar. Vivendo fase turbulenta no Barcelona, é possível imaginar que o famoso “cai-cai” cairá mais do que nunca até a Copa para escapar dos rapas, safanões e pontapés do rival. E faz ele muito bem.

A lista ainda pode ser composta pelos meias Oscar e Willian, do Chelsea, Bernard, do Shakthar e Hernanes, da Inter de Milão, todos muito leves e propensos a contusões na hora dos dribles insinuantes. O único “tranquilão” é Hulk, do Zenit. Além de não ser tão habilidoso, é forte como um touro. Alguém vai se arriscar a tentar machucá-lo?



Redação do Torcedores.com