Veja o que você pode esperar do retorno de Anderson Silva

Reprodução/Instagram

O brasileiro Anderson Silva vai voltar ao octógono do UFC no fim de 2014 ou, no mais tardar, no início do ano que vem. Essa é a expectativa do presidente da organização, Dana White, revelada em entrevista concedida nesta quarta-feira ao programa americano “SportsCenter”.

É inegável que o retorno do Spider é boa notícia para quem gosta de MMA, afinal, trata-se de um dos maiores, senão o maior lutador de artes marciais mistas. Mas o que esperar da nova etapa na carreira de Anderson Silva?

Longe de ser um menino (está com 39 anos) e com o fim da carreira cada vez mais próximo, o brasileiro só deve sonhar novamente com o cinturão dos pesos-médios caso o rei da categoria ainda seja o norte-americano Chris Weidman ou talvez, em outro cenário, Vitor Belfort. Se o título estiver sob a guarda do amigo Lyoto Machida, acredito que Anderson vai lutar apenas por “diversão”.

Tudo isso, porém, dependerá do desenrolar dos fatos. O campeão Weidman vai defender o cinturão contra Lyoto no UFC 175, dia 5 de julho, nos EUA. O vencedor terá pela frente Vitor Belfort, que seria o adversário original do americano (o combate foi adiado por conta das decisões do UFC sobre o tratamento de reposição de testosterona usado pelo brasileiro e por outros lutadores).

Enquanto isso, Anderson acompanhará tudo de camarote, possivelmente conversando com o UFC sobre qual caminho seguir. E nós tentamos prever o futuro.

Sinceramente, não acredito que o Spider buscará revanche contra Weidman, embora a segunda derrota tenha acontecido em uma fatalidade (embora o americano, novamente, levava a melhor). Não podemos, é claro, descartar a hipótese, já que o combate será vendido como a revanche do século. Caso Weidman perca o cinturão, a possibilidade do duelo acontecer aumenta.

Tentar, novamente, o título? Não acho que ele precise disso, depois de ser o campeão mais dominante da história do UFC em todas as categorias de peso, com 10 defesas. Não imagino que seja um sonho do brasileiro, ainda mais se o cinturão estiver em poder de Lyoto. Na cintura de Belfort, é outra história..

No mundo imprevisível do UFC, não duvido ainda que Dana White coloque Anderson Silva para lutar contra Georges St-Pierre. Ex-campeão dos meio-médios, o canadense renunciou ao cinturão e se aposentou. Mas, na mesma entrevista que falou sobre a volta do Spider, o chefão falou que GSP também vai voltar. Coincidência?

Seria interessante de ver. Talvez uma última luta antes da aposentadoria, aí sim definitiva, de ambos. Bom para o esporte e, principalmente, para os cofres do UFC.

 



Jornalista, editor do Torcedores.com. Passagens pelos jornais Metro, O Estado de S. Paulo, Jornal da Tarde, Marca Brasil, Agora São Paulo, Diário de S. Paulo e Diário do Grande ABC.