Puyol cobra participação da torcida para afastar crise do Barça; assista

 

Veja o que o Carles Puyol falou na sua entrevista coletiva:

Crise: “Foi um golpe muito forte ser eliminado na Champions, e já temos outro jogo difícil. Temos uma final contra um grande rival e gostaria de dizer aos fãs que juntos, time e fãs, será mais fácil.”

Erros: “De certa forma nós falhamos. Agora tem que dar o seu melhor para lutar contra esta final e os últimos cinco jogos. Não perdemos a Liga ainda .Nós não temos sido regular. Agora temos de olhar em frente e dar alegria para os nossos fãs . ”

Visita do presidente Bartomeu: “O presidente está conosco e agradecemos a sua confiança e apoio. Ganhar a Copa mudaria as coisas . ”

O futuro: “Eu não tomei uma decisão ainda. Eu não posso dizer mais. Eu não aceito perguntas, porque eu não tenho respostas. Fiquei muito do lado de fora, e isso me fez sofrer muito.”

Sua situação: “Eu estou trabalhando e eu vou tentar jogar.”

Fim de ciclo e renovação geral: “Está na hora. Mudança de ciclo é falado há algum tempo e nós continuamos ganhando  títulos. Eu não acho que você tem que fazer uma revolução, dependendo dos resultados. Você não pode acabar com uma equipe que ainda pode dar muito ao clube “.

Ambição: “Não se pode duvidar de que esta equipe quer vencer e acredite se quiser, este time está com fome.”

Messi triste: “Se tem um jogador que não podemos duvidar, se chama Leo Messi.  Ele sempre tenta e diz ‘se eu tivesse marcado aquele gol o outro dia ….'”



Redação do Torcedores.com