Palpite: Final da Superliga terá vitória apertada do Rio

Parecia treino da seleção brasileira de vôlei feminino, com tantas estrelas em quadra. Na tarde da última sexta-feira, era o penúltimo treino antes da grande final, o encontro das duas equipes se deu enquanto uma saia da quadra e a outra entrava para treinar.

A equipe do Sesi-SP lideradas pelas campeãs olímpicas Fabiana e Dani Lins conseguiu quebrar uma hegemonia de nove anos seguidos na equipe de Osasco, também cheia de medalhistas olímpicas. Depois de cinco match points a equipe do Sesi virou e conseguiu a façanha.

DESTAQUE
Kevin Durant tem tudo para ganhar ‘Oscar’ da NBA
Phelps depois de perder em sua volta: “Sou meu crítico mais duro, eu sei o que eu posso fazer lá”

Seria a décima final entre Rio e Osasco, e só de conseguir surpreender e entrar nesta final, já foi um grande feito, para a equipe de São Paulo.

A equipe do Rio de Janeiro, lideradas pela líbero Fabi e veterana levantadora Fofão dentro de quadra, e pelo gênio Bernardinho fora dela, entram como favoritas. Acostumadas a decisões, já foram oito títulos na Superliga, Bernardinho sabe que decidir em casa perto de sua torcida pode ser um fator importante.

Acredito que o Rio de Janeiro consiga superar o Sesi-SP, tem mais craques, mais experiência, mais técnico e mais títulos. Porém não acho que será uma final fácil, a equipe do Sesi vem embalada e com confiança.

Muitas vezes quando se tem uma semifinal muito forte, e mesmo desacreditada a equipe consegue chegar, parece que muitas vezes deixam tudo naquele jogo, e chegam sem muitas forças para a disputa do título. O Sesi teve uma semana para se recuperar e se preparar, e isso pode ser um fator importante.

A experiência do técnico do Rio, considerado por muitos o maior técnico de vôlei da história, pode ser um fator importante.

A final da Superliga será domingo às10h no Ginásio do Maracanãzinho. (transmissão da Rede Globo)

10155039_572697039494608_3642229585295361888_n



Sou amante e estudioso de esportes! Nasci em São Paulo, estudei em Los Angeles, NY e fiz pós-graduação em Barcelona, sempre acompanhando de perto as competições esportivas pelo mundo.