Opinião: Felipão acertou ao revelar 9 nomes que já estão na Copa

Felipão

A lista final com os 23 nomes escolhidos pelo técnico Luiz Felipe Scolari para tentar levar o Brasil ao hexacampeonato na Copa de 2014 só será divulgada oficialmente em 7 de maio, mas Felipão não esconde de ninguém que 9 nomes estão garantidos no grupo. E está mais do que certo em fazer isso.

Ao adotar a estratégia de liberar para quem quiser saber quais serão os seus líderes dentro do grupo, Felipão está dando o pontapé inicial para ter nas mãos um grupo totalmente focado e ciente de suas responsabilidades quando o dia da apresentação chegar.

O treinador confirmou que serão quatro os líderes principais de seu time: o goleiro Julio César, do Toronto-CAN, os zagueiros David Luiz, do Chelsea-ING, e Thiago Silva, do PSG-FRA, além do atacante Fred, do Fluminense.

DESTAQUES
TOP 5: Veja os nomes mais exóticos do futebol
Major League Soccer cresce no Brasil

O quarteto já sabe exatamente o tamanho da responsabilidade que terá em mãos. Será do goleiro, dos zagueiros e do goleador a missão de acalmar os mais jovens e transmitir confiança na dura caminhada rumo ao troféu.

Além dos quatro, Felipão adiantou que Neymar, do Barcelona, está confirmado como a estrela da constelação, em companhia de Paulinho, do Tottenham-ING e de mais três atletas do Chelsea: Ramires, Willian e Oscar.

Com 9 dos 23 espaços da lista já preenchidos, o treinador deixa as vagas restantes em aberto e acirra a disputa por posições restando pouco mais de duas semanas para o anúncio oficial.

O técnico quase confirmou o décimo nome e encerrou uma das maiores dúvidas na cabeça da população, ao citar o zagueiro Henrique, do Napoli, como exemplo de acidentes de percurso (o jogador se envolveu em uma batida de carro na Itália).

Henrique luta para ser o último zagueiro do grupo, que já tem confirmados Thiago Silva e David Luiz, além de Dante, do Bayern de Munique, que dificilmente estará fora da convocação do início de junho.

Os primeiros nomes já estão lançados. Cabe a eles começarem a administrar o tamanho da responsabilidade, focar totalmente na conquista da Copa e, se preciso for, até diminuir o ritmo em seus respectivos clubes: tudo pelo hexa!

 



Redação do Torcedores.com