Opinião: Desistência de Anelka foi o verdadeiro reforço para o Galo

Getty Images

O Atlético-MG fez um estardalhaço para anunciar a contratação do experiente Anelka, ex-Arsenal e seleção francesa, mas o reforço para o Campeonato Brasileiro acabou ficando apenas no sonho.

DESTAQUES
Barça tem 7 trunfos para ganhar Copa do Rei; Neymar é um deles
Veja lista de bons jogadores que não serão chamados por Felipão na Copa
Mercado da bola: Saiba quem são os craques que fariam bem ao Corinthians

A desistência do francês em vestir a camisa do Galo pode até ter frustrado alguns torcedores, mas, em uma análise mais profunda sobre o assunto, a conclusão a ser tirada é que, o verdadeiro reforço é a não vinda do atleta para Belo Horizonte.

Anelka foi um jogador talentoso em seus áureos tempos, mas, hoje, está mais para um ex-atleta em atividade que, assim como tantos outros, como Adriano, vive mais da fama que acumulou do que da bola que realmente joga.

O francês também tem consigo o estigma de bad boy, algo que o atual campeão da Libertadores não precisa nem um pouco, pois já tem em seu elenco muitos jogadores para ocupar tal perfil, como, por exemplo, Diego Tardelli e Ronaldinho Gaúcho.

ENVIE SUA NOTÍCIA
Também quer opinar sobre o assunto? Envie sua notícia!

O setor ofensivo do Galo, aliás, que além da dupla acima citada ainda conta com talentos como Guilherme e Jô, não precisa da chegada de Anelka, e poderia ver o que hoje é uma competição sadia se transformar em birra, já que o francês certamente teria lugar cativo no time de Paulo Autuori – apenas pelo nome, claro.

Em resumo: a não contratação de Anelka foi o melhor reforço que o Atlético-MG poderia ter recebido nesse momento de preparação para o Campeonato Brasileiro e para as fases decisivas da Libertadores da América.



Apaixonado por futebol e esportes em geral.