Diego Costa é o atacante perfeito para o Chelsea

O Chelsea ainda não encontrou um atacante à altura de Didier Drogba. Pelo menos em eficiência e carisma. Os atacantes atuais não conseguiram vingar a ponto de satisfazer a difícil torcida, técnico e presidente dos Blues.

O russo Abramovich não se cansa de gastar, desde sua ‘entrada’ no futebol e injeção de dinheiro, o Chelsea mudou de patamar e começou a ganhar títulos e a frequentar as semifinais da Champions League. Foram milhões ‘jogados fora’ e alguns acertos. Fernando Torres, el ‘Niño’ de Madrid custou uma fortuna, R$ 152 milhões, e não chegou a jogar o futebol que encantou a todos no Atlético de Madri e Liverpool, apesar de ter feito alguns gols importantes.

Diego Costa é na atualidade o melhor atacante ‘espanhol’ , depois de esnobar o Felipão e liderar o Atlético a títulos e semifinal da Champions, o centroavante do Simeone virou o queridinho da Europa. Todos o querem. Mourinho, Wenger, e os ‘cheques’  franceses aos poucos se aproximam do craque hispano-brasileiro.

torres

O Chelsea, seu adversário na semifinal da Champions já mandou seu recado via agentes. Insatisfeito com seus atacantes, Torres anda em má fase, Ba não tem cacife pra ser titular do time , Schurle é muito irregular e Samuel Etoo, o maior nome do time ja esta com uma idade avançada e deve ser poupado para os  jogos decisivos.

Mourinho já atirou para os lados de Madrid, e acenou com uma proposta de R$ 185 milhões.

Brigador, jovem, forte, artilheiro e brasileiro, Diego Costa mostra ser um centroavante quase perfeito. Apesar da Liga Inglesa ser mais forte e difícil para os atacantes, acredito que seu jeito de jogar, deve se encaixar bem no estilo inglês de jogar futebol, com muita força, velocidade e pouco espaço.

O Torres já fez esse caminho via Atlético e se tornou o maior artilheiro da história na Liga Inglesa em sua primeira temporada com 24 gols. A ver o que vai passar com o Diego Costa.

Veja o que o Abramovich já gastou com atacantes:

article-2596427-1CD1093F00000578-167_634x669



Redação do Torcedores.com