Corinthians pode ter nova despedida do Pacaembu; entenda

O Corinthians se despediu do Pacaembu no último domingo (27) com muita festa e vitória por 2 a 0 sobre o Flamengo, pela 2ª rodada do Campeonato Brasileiro. O próximo jogo que o alvinegro fará como mandante no nacional será no Itaquerão, dia 18 de maio, contra o Figueirense, pela 5ª rodada. Mas o retorno ao estádio municipal pode acontecer antes mesmo da primeira partida oficial na nova casa do Timão.

Nesta quarta-feira (30), o clube enfrenta o Nacional-AM em Manaus pela segunda fase da Copa do Brasil. Pelo regulamento, caso o visitante vença por dois ou mais gols de diferença, não há a necessidade do jogo de volta. Em todo o caso, o segundo confronto está agendado: dia 14 de maio, no Pacaembu.

Ou seja: para que a despedida do último domingo seja, de fato, válida, o Timão tem de vencer os amazonense por, ao menos, dois gols de sobra.

É claro que o Pacaembu não vai deixar de ser um lar para o Corinthians. Afinal, uma relação de 74 anos, 1.687 jogos, 966 vitórias, 395 empates e 326 derrotas não termina da noite para o dia. Mas é certo que a diretoria não quer o retorno logo em breve. Pelo contrário, se for possível, a ideia é deixar o estádio de Itaquera pronto para o eventual jogo de volta da Copa do Brasil.

“Nós amamos o Pacaembu, e sempre que der voltaremos. O bom filho à casa torna. Mas temos de pensar em viver a Arena. Estamos mudando para uma casa nova, temos de acostumar com o travesseiro, a cama, o cheiro, enfim… É de lá que vão sair os frutos para pagarmos o estádio”, afirmou o presidente Mário Gobbi.

 



Jornalista, editor do Torcedores.com. Passagens pelos jornais Metro, O Estado de S. Paulo, Jornal da Tarde, Marca Brasil, Agora São Paulo, Diário de S. Paulo e Diário do Grande ABC.