Cabañas pode pintar em Barueri; entenda

Salvador Cabañas chegou há pouco tempo no Tanabi, time do interior paulista e que disputa a segunda divisão (que, na prática, é a quarta) do campeonato estadual. Mas, antes mesmo de estrear pela equipe alviverde, o paraguaio pode deixar o clube.

O atacante tem duas propostas: uma do Grêmio Barueri e outra do Foz do Iguaçu. Mas a tendência é que ele vá mesmo para a cidade da Grande São Paulo.

O plano do Grêmio Barueri é contar com o atacante para a disputa da Copa do Brasil. Nesta quinta-feira (1º), o time abre a segunda fase da Copa do Brasil contra o Londrina. Se passar de etapa, terá como provável adversário o Santos. E é aí que Cabañas entraria, mesmo que no banco, para fazer marketing.

“O Barueri ofereceu um ano de contrato e o Foz quer ele para jogar a segunda divisão do estadual. Se eu sou o Cabañas eu tinha aceitado faz tempo, porque a intenção do Baeruri é que ele esteja apto para jogar em caso de classificação na Copa do Brasil. Iria ficar no banco contra o Santos, caso tudo de certo”, disse ao “Lance!Net” o gerente de futebol do Tanabi, Alex Alves.

Já existe até um acordo entre Barueri e Tanabi. O time do interior receberá quatro jogadores por empréstimo.

Cabanãs ganhou notoriedade após ser o “vilão” das eliminações de Flamengo e Santos na Libertadores de 2008. Em janeiro de 2010, levou um tiro na cabeça, no México, e sobreviveu. Em 2012, voltou a jogar futebol.



Jornalista, editor do Torcedores.com. Passagens pelos jornais Metro, O Estado de S. Paulo, Jornal da Tarde, Marca Brasil, Agora São Paulo, Diário de S. Paulo e Diário do Grande ABC.