Técnico do Barça mostra preocupação com vômitos de Messi: “Não é normal”

Dois dias após Lionel Messi voltar a passar mal dentro de campo, o treinador do Barcelona, Tata Martino, afirmou nesta sexta-feira que os vômitos do atacante argentino durante as partidas “não são normais”, mas afirma que isto não tem afetado o desempenho do craque nos gramados.

“Falei com ele e está tudo sob controle. Inclusive, ele consultou especialistas. Entendo que não é algo normal, mas não afeta seu trabalho”, disse o comandante do time catalão.

Durante o amistoso da seleção argentina contra a Romênia, na última quarta-feira, Messi voltou a vomitar em campo. Esta foi a sexta vez que o jogador passou mal durante os jogos. Por incrível que pareça, em nenhum dos episódios o melhor jogador do mundo por quatro anos consecutivos teve queda de rendimento – ele marcou cinco gols nestes confrontos e só não balançou a rede contra a Bolívia, pelas Eliminatórias para Copa do Mundo, e diante dos romenos.

Apesar do susto, Messi afirmou após o amistoso que o incidente não é motivo de preocupação. “É algo que acontece sempre, já sofri várias vezes em meu clube também, então não é nada”, comentou. “Acontece muitas vezes em jogos, nos treinos e em casa. Eu não tenho certeza o que é. Fiz milhares de exames. Eu tento tomar alguns remédios, mas continuo vomitando”, disse o Pulga ao TyCSports.

A primeira vez que o argentino passou mal em campo foi no clássico contra o Real Madrid, em 2011. No ano seguinte, o problema se repetiu pouco antes da partida contra o Sevilla. No ano passado, o fato ocorreu diante do Levante e no jogo da Argentina contra a Bolívia, em La Paz. Antes do amistoso em Bucareste, Messi havia vomitado também no duelo contra a Real Sociedad, no dia 12 de fevereiro.

Messi vomita em campo contra a Romênia:



Redação do Torcedores.com