Sport bate o Santa Cruz por 3 a 0 e põe fim ao jejum diante do rival

Eram cinco Clássicos das Multidões de invencibilidade coral. O retrospecto incomodava tanto quanto as quatro vitórias do Santa na Ilha do Retiro nos últimos cinco confrontos. Nos dois mais recentes, o estádio rubro-negro virou palco de festas de título tricolor. A torcida do Sport estava engasgada. E o sentimento contagiou o time. No primeiro duelo de 2014, enfim, a festa mudou de cor.

Em casa, o Leão jogou como autêntico mandante na noite desta quinta-feira. Desde o primeiro minuto. Sufocante. Aos 29 do primeiro tempo, já vencia por 3 a 0. Felipe Azevedo, duas vezes, e Patric balançaram as redes de Tiago Cardoso, o ‘fantasma’ do Sport nos últimos anos – com atuações impecáveis diante do rival nos anos do tricampeonato estadual tricolor. O resultado devolveu ao Rubro-negro a liderança do Hexagonal do Segundo Turno, agora com 10 pontos, dois a mais que Náutico e Salgueiro. O Santa segue com apenas 5, em 5º, fora da zona de classificação para as semifinais. Já são quatro jogos sem vitória tricolor.

O Sport se reencontrou após dois tropeços consecutivos: o empate com o Central, na Ilha, e a derrota para o Náutico, na Arena, antes da parada do carnaval. Respirou Eduardo Baptista. Seria complicado para um técnico ainda em busca de afirmação digerir o terceiro revés consecutivo. Na próxima rodada, o Leão visita o Central, domingo, no Luiz Lacerda, em Caruaru, enquanto o Santa recebe o Salgueiro no Arruda. O jogo desta quinta foi apenas o primeiro da série de clássicos entre Sport e Santa Cruz nas próximas semanas. Mais um pelo Pernambucano, dia 26, além de dois pela semifinal da Copa do Nordeste, nos dias 12 e 19.

Veja a noticia completa e os gols no Globo Esporte



Redação do Torcedores.com