Presidente de CBV renuncia ao cargo após denúncias

Ary Graça, presidente da CBV (Confederação Brasileira de Vôlei), renunciou ao cargo nessa sexta-feira (14) e passa a ficar de forma exclusiva na FIVB (Federação Internacional de Voleibol). Quem assume a presidência é seu vice, Neuri Barbieri.

A saída do presidente da entidade vem logo após uma série de denúncias feitas pela ESPN Brasil sobre irregularidades em contratos da confederação.

Essa é a segunda baixa na cúpula da entidade: a primeira foi quando caiu o superintendente Marcos Pina, que segundo a reportagem teria sido favorecido por meio de uma de suas empresas.

Ary Graça estava na presidência da CBV desde 1997, quando assumiu o cargo após a saída de Carlos Arthur Nuzman.

Com ele no comando, as seleções feminina e masculina de vôlei ganharam todos os campeonatos possíveis, destacando o bicampeonato olímpico com as meninas, e o tricampeonato mundial com os meninos.

fonte: R7



Redação do Torcedores.com