Nadal leva grande susto e reencontra Dolgopolov

Mesmo aos 35 anos, o tcheco Radek Stepanek conseguiu assustar o número 1 do mundo Rafael Nadal. Chegou a vencer o primeiro set por incríveis 6/2 e liderou o terceiro set até 5/4. Mas não foi o bastante e o canhoto espanhol mostrou por que é o atual campeão do Masters 1000 de Indian Wells. Conseguiu por fim a virada, marcando as parciais de 2/6, 6/4 e 7/5.

Na terceira rodada, Nadal reencontrará o ucraniano Alexander Dolgopolov, a quem derrotou pela quinta vez sem perder sets na recente decisão do Rio Open. Também com esforço, Dolgopolov estreou no torneio com vitória sobre o norte-americano Tim Smyczek, anotando o placar de 7/6 (7-3) e 6/4.

Stepanek fez tudo direitinho no primeiro set e ainda contou com um Nadal pouco à vontade em quadra, falhando demais com seu backhand. O tcheco sacou bem – acertou 63% do primeiro serviço e ganhou 70% desses pontos – e conseguiu ser agressivo o tempo todo. Uma quebra prematura lhe deu 3/0 e ele seguiu firme até 5/2, quando então o espanhol cometeu duas duplas faltas e voltou a perder o saque.

A segunda série ainda viu equilíbrio até enfim Nadal acertar boas devoluções consecutivas e obter a quebra no quinto game. Sustentou a vantagem até fechar a série sem perder qualquer jogada ao acertar o primeiro saque, o que fez em 62% das tentativas.

O jogo parecia caminhar para uma virada tranquila quando Rafa conseguiu outra quebra no game inicial do terceiro set. Porém, as falhas de fundo de quadra voltaram e ele permitiu a reação. Pior ainda, Stepanek chegou a ter 0-40 no sexto game antes de o espanhol dar dois saques perfeitos e contar com a pressa do tcheco. Por fim, com paciência, Nadal esperou os erros de Stepanek, obteve a quebra no 11º game e encerrou a batalha de 2h24.

Veja a noticia completa no TenisBrasil



Redação do Torcedores.com