Goleiro mexicano ganha prêmio de uniforme mais feio das Copas; veja o Top 10

Conhecido pelo seu jeito extravagante, o ex-goleiro Jorge Campos recebeu um prêmio nada agradável ao ser eleito como o dono do uniforme mais feio da história das Copas do Mundo. A pesquisa foi elaborada pelo site ‘Football Daily’.

As camisas e os cações do ex-jogador mexicano sempre chamaram atenção por serem multicoloridas. Porém, o conjunto vencedor foi utilizado por Campos no Mundial de 1994, disputada nos Estados Unidos.

No torneio que a seleção brasileira conquistou o tetracampeonato, o número um do selecionado asteca usou uma camisa e um calção com as cores azul escuro, rosa, amarelo, vermelho e verde, com formas que lembravam setas.

Além do Mundial de 94, Jorge Campos, que costumava a se arriscar jogando no ataque em algumas partidas, também defendeu o México na Copa do Mundo da França, em 1998. Após se aposentar, Campos chegou a trabalhar como auxiliar técnico na Copa da Alemanha, em 2006, e atualmente exerce a função de comentarista em uma emissora de TV mexicana.

Confira o Top 10 dos uniformes mais feios da história, segundo o site ‘Football Daily’:

10. Camisa regata da seleção de Camarões, planejada para ser usada na Copa do Mundo da Coreia do Sul e do Japão, em 2002. A Fifa proibiu o uniforme por não ter mangas, então foi colocada uma espécie de rede.

camaroes camaroes.png rede

 9. Jamaica – Copa do Mundo da França, em 1998:

jamaica

8. Escócia – Copa do Mundo do México, em 1986

ecocia

7. Espanha – Copa do Mundo dos Estados Unidos, em 1994

espanha_copa

6. Croácia – Copa do Mundo da França, em 1998

croacia

5. Alemanha – Copa do Mundo dos Estados Unidos, em 1994

alemanha1994

4. Estados Unidos – Copa do Mundo dos Estados Unidos, em 1994

usa

3. México – Copa do Mundo da França, em 1998

HERNANDEZ

2. África do Sul – Copa do Mundo da França, em 1998

South Africa

1. Jorge Campos, México – Copa do Mundo dos Estados Unidos, em 1994

jorge_campos

 



Redação do Torcedores.com