Faculdade e fama afastam filha de Renato Gaúcho de dia a dia do futebol

Desde que o técnico Renato Gaúcho assumiu o comando do Fluminense, o clube ganhou uma nova torcedora. Trata-se de Carol Portaluppi, filha e fã número 1 do treinador. Conhecida por fazer aparições em treinos e jogos dos times que o pai comanda, a jovem tem sido bem mais discreta no time Tricolor.

A presença de Carol tem sido limitada devido ao assédio intenso que ela sofre em jogos e treinos, seja por parte da imprensa ou dos próprios torcedores. O outro motivo é o fato de que ela cursa a faculdade de jornalismo na PUC-Rio (Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro).

Durante a pré-temporada do Fluminense, em Mangaratiba, costa verde do Rio, o treinador revelou que a filha estava em Angra dos Reis com algumas amigas. Renato pediu para que a filha parasse, mas Carol achou melhor passar direto e não atrapalhar o pai.

“Ela é Renato Futebol Clube. Tem um pai famoso, irá aos jogos, lógico que vai. Ela é minha filha, qual o problema? Ela ir ao Maracanã torcer pelo pai no camarote do Celso Barros, qual o problema? Por que a minha filha não pode aparecer?”, questionou o treinador.

“As brincadeiras não me incomodam. Se formos ligar para todas as brincadeiras, não vamos viver. Estamos sujeitos a piadinhas, mas isso não me atrapalha, muito menos a ela”, finalizou Renato Gaúcho.

Veja a noticia completa no UOL



Redação do Torcedores.com