Com Ibra discreto, PSG volta a vencer o Bayer e confirma vaga nas quartas

Carregando uma goleada por 4 a 0 de vantagem, o Paris Saint-Germain recebeu o Bayer Leverkusen, pela volta das oitavas de final da Liga dos Campeões, em clima de jogo-treino. O técnico Laurent Blanc mandou um time misto a campo, mas Ibrahimovic, que briga pela artilharia da competição com Cristiano Ronaldo – o português, que já fez 11, tem vantagem de um gol – estava entre os titulares. E queria jogo. Mas o dia não foi do sueco, que perdeu algumas boas chances e acabou sendo substituído durante a segunda etapa. Mesmo com o craque em um dia pouco produtivo, o PSG venceu por 2 a 1 e confirmou a classificação para a próxima fase. O adversário será conhecido no próximo dia 21, em sorteio que será realizado na sede da Uefa.

A equipe francesa chegou à 28ª partida de invencibilidade como mandante em competições europeias. A última derrota aconteceu em 2006. Já Ibra, encerra uma sequência de cinco jogos fazendo gols. O Bayer aumenta o período sem jogar as quartas de final da Champions, o que não faz desde 2002, ano em que chegou à decisão e foi derrotado pelo poderoso Real Madrid do lendário Zinedine Zidane.

t_108558_mas-cabeca-do-ex-corintiano-marquinhos-deixou-tudo-igual-e-deu-tranquilidade-ao-psg-foto-miguel-medina.pjpeg

PSG-FRA 2 X 1 BAYER LEVERKUSEN-ALE

Local:  estádio Parque dos Príncipes, em Paris (França)
Data: 12 de março de 2014, quarta-feira
Horário: 16h45 (de Brasília)
Árbitro: Ivan Bebek (Croácia)
Assistentes: Tomislav Petrovic e Miro Grgic (ambos da Croácia)

Gols: PSG: Marquinhos, aos 12 minutos do primeiro tempo, e Lavezzi, aos oito do segundo. Bayer Leverkusen: Sam, aos cinco do primeiro.
Cartões amarelos: PSG: Jallet e Rabiot. Bayer Leverkusen: Emre Can, Derdiyok e Wagener.
Cartão vermelho: Bayer Leverkusen: Emre Can.

PSG: Sirigu; Jallet, Marquinhos, Thiago Silva e Digne; Cabaye, Pastore e Rabiot; Cavani (Camara), Ibrahimovic (Ménez) e Lavezzi (Lucas)
Técnico: Laurent Blanc

BAYER LEVERKUSEN: Leno; Donati, Wollscheid, Toprak e Guardado; Reinartz (Wagener), Rolfes e Can; Sam (Brandt), Derdiyok e Castro (Son Heung-Min)
Técnico: Sami Hyypia

Veja a noticia completa no Globo Esporte



Redação do Torcedores.com