Após Schumacher, ex-colega de Senna na F-1 sofre acidente de esqui

Menos de três meses após o grave acidente de Michael Schumacher, outro ex-piloto da Fórmula 1 levou um susto também enquanto esquiava. O austríaco Gerhard Berger caiu quando praticava o esporte em uma pista em seu país. 

Berger esquia ao lado da filha Sarah, em 2009
Berger esquia ao lado da filha Sarah, em 2009

Ao contrário de Schumi, Berger, que foi companheiro de Ayrton Senna na McLaren em três temporadas (90, 91 e 92), não bateu a cabeça. Mesmo assim, o austríaco foi removido de helicóptero para o hospital em St Johann am Tirol. Apesar do susto, ele quebrou apenas um braço.

Segundo informações da imprensa austríaca, Gerhard Berger, que também passou pelas equipes ATS, Arrows, Benetton e Ferrari, deixou a área demarcada, com péssimas condições de visibilidade, antes de cair.

O acidente de Schumacher ocorreu em dezembro no ano passado, nos Alpes Franceses. O heptacampeão mundial segue internado em coma induzido.  O jornal britânico ‘The Telegraph’ publicou neste domingo que os médicos que estão cuidando do alemão deram recado à família do ex-piloto ao afirmarem que “apenas um milagre” poderia salvar Schumi.



Redação do Torcedores.com