Ronaldo lamenta ‘quilos a mais’, pede resposta de Adriano e ofusca Marin

A bancada da entrevista coletiva que encerrou o seminário em Florianópolis tinha integrantes de peso: José Maria Marin, Jèrôme Valcke, Aldo Rebelo, Marco Polo del Nero e Thierry Weil, diretor de marketing da Fifa. Mas, assim como fazia dentro do gramado, Ronaldoroubou a cena. O Fenômeno, membro do conselho de administração do COL, recebeu sete perguntas.

Falou sobre os centroavantes da Seleção, a fan fest, o lucro do país com a Copa, a atuação de Pelé como garoto-propaganda, lamentou seu peso e foi muito reticente a uma possível volta do ex-parceiro Adriano à equipe brasileira.

Para ele, o Imperador precisa dar uma resposta a si mesmo e aos torcedores antes de discutirem sua convocação. Ronaldo citou seu período de recuperação de lesão, antes da Copa de 2002, como exemplo. E disse que a situação do Imperador é uma “questão de vida”.

Veja a noticia completa e a entrevista no Globo Esporte



Redação do Torcedores.com