Neymar explica veto ao Real Madrid: não me vendo por dinheiro

Neymar

Em meio à polêmica transferência para o Barcelona, o atacante Neymar polemizou mais uma vez. Poucos dias depois de declarar que estava de “saco cheio” com a diretoria do Santos, o atacante afirmou que preferiu assinar com o time catalão ao invés do rival Real Madrid porque não se “vende por dinheiro”. A afirmação faz parte da autobiografia do jogador brasileiro, intitulada de ‘Me llamo Neymar’ (Me chamo Neymar), que será lançada na próxima quarta-feira.

A imprensa espanhola teve acesso à obra e divulgou nesta sexta-feira alguns trechos do livro: “Eu não me vendo por dinheiro. Ele ajuda, mas não manda na minha vida”, disse o atleta.

Capa do livro sobre a vida de Neymar, que será lançado em 26 de fevereiro
Capa do livro sobre a vida de Neymar, que será lançado em 26 de fevereiro

O pai do jogador também explicou porquê recusou uma oferta do time merengue em 2006, quando o atleta ainda era uma promessa do Santos. “Não haveria dinheiro em Madri para comprar a felicidade do meu filho”, explicou.

A transferência de Neymar para o Barcelona, em julho do ano passado, fez Sandro Rosell renunciar ao cargo de presidente do time catalão depois de denúncias de irregularidades no acordo com o Santos.

A equipe espanhola afirmou que desembolsou 57,1 milhões de euros (R$ 187,2 milhões) para contar com o brasileiro. Deste montante, 40 milhões de euros (R$ 131,2 mi) foi repassado à empresa N&N Sports, que pertence à família do atleta, e 17,1 milhões (R$ 56 mi) ao Santos – este dinheiro ainda foi dividido com o grupo DIS, que detinha parte dos direitos do jogador.

A diretoria do Barça, no entanto, admitiu que o valor real ultrapassou os 86 milhões de euros (R$ 278,2 mi) em contratos mantidos em sigilo. Mas para a Justiça da Espanha, os valores são superiores a 95 milhões de euros (R$ 307,2 mi).

Por causa deste imbróglio, Pablo Ruz, juiz da Audiência Nacional, principal instância penal espanhola, indiciou o Barcelona sob a acusação de crime fiscal.



Redação do Torcedores.com