Juiz espanhol indicia Barcelona por crime fiscal no caso Neymar

Pablo Ruz, juiz da Audiência Nacional, principal instância penal espanhola, decidiu nesta quinta-feira (20) indiciar o Barcelona por um suposto crime fiscal na contratação do atacante brasileiro Neymar.

Especula-se que o clube espanhol tenha deixado de pagar 9,1 milhões de euros (cerca de R$ 29,7 milhões) em impostos ao não declarar todos os contratos com o jogador ao fisco espanhol, o que resultaria na evasão fiscal. O Barcelona, porém, afirma que não cometeu nenhum delito.

“Os presentes indícios são suficientes para abrir investigação sobre um possível delito contra a Fazenda Pública por parte da entidade Futbol Club Barcelona”, explica o juiz em sua decisão.

Screen shot 2014-02-20 at 5.28.00 PM

Veja a noticia completa no R7



Redação do Torcedores.com