Entre multas, Neymar pode custar mais de R$ 350 milhões ao Barça

A transferência de Neymar para o Barcelona tem pesado cada vez mais aos cofres do time catalão. A contratação do atacante brasileiro pode alcançar 111 milhões de euros (cerca de R$ 356 milhões), segundo informou, nesta segunda-feira, o jornal espanhol ‘Marca’.

Inicialmente, o Barça havia anunciado que tinha pago 57,1 milhões de euros (R$ 183,3 mi) para tirar o jogador do Santos, em junho do ano passado. Mas esse valor pode dobrar, uma vez que o time grená foi acusado de fraude fiscal.

Na última quinta-feira, a Justiça da Espanha abriu um inquérito acusando o clube catalão de não ter recolhido os impostos que incidem ao dinheiro pago ao pai de Neymar (R$ 128,4 mi). Com isso, a diretoria do Barça deve efetuar nesta segunda-feira um pagamento de 13 milhões de euros (R$ 41,7 mi) para sanar esta pendência.

O jornal ‘Marca’ também afirma que o clube pagou 7,9 milhões de euros (R$ 25,3 mi) ao Santos para ter a preferência na contratação de outras três revelações do Peixe: Gabriel, Giva e Victor Andrade. Se Neymar entrar entre os finalistas para a Bola de Ouro da Fifa – prêmio entregue ao melhor jogador do mundo a cada temporada -, serão mais 2 milhões de euros (R$ 6,4 mi) de bonificação ao atacante brasileiro, além de outros 4,5 milhões de euros (R$ 14,4 mi) de multa caso não seja realizado o segundo amistoso contra o Peixe.

O Barcelona ainda corre o risco de receber uma pesada multa da Fazenda Pública espanhola, que pode variar de 5,5 milhões a 50,6 milhões de euros. Se o valor mínimo for estipulado, a conta será fechada em 111 milhões de euros (R$ 356 mi).

Com estes números, Neymar se tornaria o jogador mais caro da história, uma vez que o Real Madrid pagou 94 milhões de euros para tirar Cristiano Ronaldo do Manchester United, em 2009. Apesar de o valor nunca ter sido revelado, especula-se que o time merengue desembolsou, em 2013, 91 milhões de euros para contar com o galês Gareth Bale, que estava no Tottenham.



Redação do Torcedores.com