Andrés diz que quer voltar ao Corinthians em 2018 para mudar CBF na marra

Nos bastidores desde que deixou a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) em 2012, Andrés Sanchez promete voltar ao Corinthians em 2018. Uma vez na presidência do clube que o projetou, promete mudar o futebol brasileiro à força.

“Se os clubes ficam fortes, quebra o sistema As federações sabem que vou romper com isso. Eu quebrei o Clube dos 13 e por isso saiu de R$ 20 milhões para R$ 100 milhões de contrato de TV. Eu posso ser o presidente do Corinthians em 2018. Vou ser e vou quebrar todo esse sistema da CBF”, teria dito Andrés ao jornal suíço Neue Zurcher Zeitung (NZZ).

A conversa ocorreu há uns dias e foi divulgada pelo site “Terra”, que teve acesso à entrevista antes mesmo dela ser publicada na Europa. A reportagem consultou Andrés que, por meio de sua assessoria de imprensa, confirmou a conversa e o teor das declarações.

A única objeção do cartola foi quanto ao uso do termo “quebrar”, que ele nega. Andrés confirma, no entanto, a intenção de assumir o Corinthians depois do próximo presidente e usar a força do clube para mudar o sistema do futebol brasileiro.

Na mesma entrevista, Andrés ainda criticou a gestão de Mário Gobbi, com quem ele está brigado há meses. “Falta comando. Falta uma pessoa forte. Time de futebol perde e ganha a vida toda. Mas a imagem e a administração não podem perder, e perdemos um pouco no último ano. É fácil recuperar. Gobbi delegou muito. Ele tem o pensamento mais conservador e o futebol do Corinthians precisa de risco”, disse o ex-presidente do Corinthians.

Hoje, embora não tenha boa relação com a diretoria alvinegra, Andrés é o homem que toca as obras do Itaquerão, projeto que nasceu e foi desenvolvido ainda em sua gestão. Questionado se seria o “pai” do estádio da abertura da Copa do Mundo, o cartola foi taxativo.

“Sou o vô, o pai, o filho e o neto desse estádio. Aqui eu mando em tudo. O estádio está na minha responsabilidade. No clube sou um simples conselheiro e ex-presidente. É o Gobbi presidente”, disse Andrés.

(UOL)



Redação do Torcedores.com