Adriano se revolta, e Atlético-PR é derrotado pelo Vélez Sarsfield

O Atlético-PR foi a Buenos Aires para a segunda partida pelo grupo 1 da Libertadores da América 2014, mas não suportou a pressão e caiu diante do Vélez Sarsfield, por 2 a 0, no Estádio José Amalfianti. Com o resultado os donos da casa, com 100% de aproveitamento, assumem a liderança isolada do grupo, com seis pontos ganhos, três a mais do que o Furacão e o The Strongest, da Bolívia. Contrariado por ter entrado na partida apenas no minutos finais, o atacante Adriano se irritou com o treinador Miguel Ángel Portugal e não quis falar após o apito final do duelo.

A equipe argentina abriu o placar aos 37 minutos da primeira etapa, com Tovio, que após confusão na área ganhou na defesa com o corpo e, desequilibrado, bateu para marcar o gol. Depois do intervalo, Pratto, aos 32 minutos, aproveitou falha da defesa para entrar com liberdade e marcar o segundo.

FICHA TÉCNICA

Vélez Sarsfield: Sebastián Sosa; Fabián Cubero, Sebastián Domínguez, Fernando Tovio, Emiliano Papa; Agustín Allione, Lucas Romero, Héctor Canteros, Ariel Cabral (Jorge Correa); Lucas Pratto (Ramiro Cáseres) e Mauro Zárate (Brian Ferreira). Técnico: José Flores

Atlético-PR: Weverton; Sueliton, Manoel, Dráusio e Natanael; Deivid, Paulinho Dias, João Paulo (Bruno Mendes), Fran Mérida (Mosquito) e Mirabaje; Ederson (Adriano). Técnico: Miguel Ángel Portugal.

Local: Estádio José Amalfitani, em Buenos Aires (ARG)
Árbitro: Roberto Silveira (Fifa-URU)
Assistentes: Mauricio Espinosa (Fifa-URU) e Miguel Ángel Nievas (Fifa-URU)
Cartões amarelos: Cubero e Romero (Vélez); Mirabaje (Atlético)
Gols: Fernando Tovio, aos 37 minutos do primeiro tempo, e Pratto, aos 32 minutos do segundo tempo

Leia a notícia completa na Gazeta Esportiva:



Redação do Torcedores.com