Vai começar o Cariocão 2014, o Estadual mais charmoso do país

O Campeonato Carioca, considerado o estadual mais charmoso do país, tem início neste fim de semana. Mas, mudado com relação ao que o carioca estava acostumado a ver. Diferente dos outros anos, o Cariocão contará com apenas um turno (Taça Guanabara) com três fases: classificatória, semifinal e final. Os clubes não mais jogam em grupos, mas sim todos contra todos. No total são 16 clubes. Os quatro primeiros avançam para a fase seguinte.

A novidade é o “torneio à parte” entre os quatro grandes do estado. Aqui serão computadas as partidas entre eles na Taça Guanabara. Os confrontos de semifinal ou final não serão contabilizados para a conquista desta “taça”.

Como entram os quatro grandes no Cariocão 2014

Atual campeão Carioca, as atenções do Glorioso – querendo ou não – estão voltadas não para o Resende, mas sim para o Deportivo Quito, adversário do alvinegro na pré-Libertadores, competição mais importante para os botafoguenses este ano. O duelo está marcado para o próximo dia 29. Por isso, o time de General Severiano, que perdeu Seedorf para o Milan (o holandês será treinador no clube italiano) ainda segue buscando os melhores nomes para não fazer feio na competição internacional.

Até o momento o clube fechou com mais jogadores do meio de campo: Jorge Wagner, Bolatti, Aírton e Rodrigo Souto, todos volantes. Mas o objetivo principal do Glorioso é um grande atacante, mesmo com a contratação de El Tanque (Juan Ferreyra) e da permanência de Elias.

O “sonho de consumo” do alvinegro para 2014 está no Sul: Diego Fórlan. Podendo deixar o Internacional, o uruguaio está na pauta do Botafogo desde o início da temporada, mas a negociação é difícil, já que o mandatário do Colorado informou que o gringo só deixa o time gaúcho para o exterior. Mas o Glorioso vai tentando enquanto houver esperanças.

Assim como o Botafogo, o Flamengo também está pensando na Libertadores da América. O rubro-negro só estreia na competição sul-americana em fevereiro, mas deve entrar contra o Audax, e provavelmente boa parte do Estadual, com um time reserva.

Os reforços foram chegando aos poucos. Everton, que estava no Atlético Paranaense, foi o primeiro a acertar. Também do Furacão, o lateral Léo é outro que vestirá a camisa rubro-negra em 2014. Juntam-se a eles, os meias Elano, Feijão (em troca com Rafinha que foi para o Bahia) e recentemente o argentino Lucas Mugni. Para o ataque, Alecsandro chega sonhando fazer sucesso ao lado de Hernane. O Brocador, que estava prestes a deixar o Flamengo, deve permanecer depois que o Al-Jazira voltou suas atenções para outro atacante. Lá trás, Frickson Eraso chega para dar consistência ao setor defensivo.

Apesar de bons nomes terem chegado ao rubro-negro, um dos principais jogadores do clube em 2013 está cada vez mais longe. A “novela” Elias está configurando-se cada vez mais com um final nada feliz para o clube da Gávea. O valor pedido pelo Sporting, clube no qual o jogador pertence, está fora da realidade do Flamengo, que já fez duas propostas, sem sucesso. Com isso, o futuro do meia deve ser mesmo longe do time carioca.

Pelo lado das Laranjeiras, o bom filho retornou a casa. Ou melhor, os bons filhos! Apesar de estar mais “devagar” nas contratações com relação aos rivais, o tricolor investiu no projeto de trazer de volta dois grandes ídolos do clube. Um do passado e um do presente! Além de acertar o retorno do técnico Renato Gaúcho, o tricolor fez a alegria da torcida trazendo de volta o craque Conca, que ficará no clube por três anos.

Mas Conca e Renato Gaúcho não foram os únicos a desembarcar em Álvaro Chaves. O atacante sensação da temporada passada, Walter, depois de uma longa novela, finalmente acertou com o clube. No entanto, como se juntou a Fred e Cia. apenas nesta quinta-feira, não deve estrear neste sábado contra o Madureira.

Por fim, mas não menos importante, o Vasco – que terminou o ano cabisbaixo devido ao rebaixamento no Brasileirão – começou a temporada tentando se reorganizar e ganhar ânimo para retornar a elite do futebol brasileiro. Porém, nenhum nome de impacto chegou a São Januário. Aliás, o principal “reforço” para o cruzmaltino foi a permanência de Juninho Pernambucano. O meia, de 38 anos, que adiou aposentadoria, tentará ajudar o clube no Estadual, mas não entra em campo na estreia contra o Boavista.

Além da permanência de Juninho, o Vasco também manteve um jogador importante: Pedro Ken. Apesar do ano não ter terminado bom para o clube, o meia cresceu de produção no Brasileirão e foi um dos principais jogadores do time.

Mas, não foram apenas as renovações que agitaram a Colina. O clube, mesmo sem contratações de peso, foi buscar boas alternativas no mercado. Entre elas estão Diego Renan, Everton Costa, Marlon, Rodrigo, Martín Silva e Eduardo Aranda.

Dos quatro grandes, três deles dão o pontapé inicial na Campeonato Carioca neste sábado. Botafogo, Fluminense e Vasco estreiam diante de Resende (Estádio Raulino de Oliveira), Madureira (Estádio Moça Bonita) e Boavista (Estádio São Januário), respectivamente. Já o Flamengo só entra em campo no domingo quando encara, no Maracanã, o Audax.

 



Carioca, jornalista e apaixonada por rádio e futebol. Fiz parte do site Fanáticos por Futebol por três anos, e nesses anos tive a certeza de que é essa vida de leads "destruídos" aos 48 minutos do segundo tempo que eu quero para o resto da vida!