Sob os olhos do pai, Pedro Piquet estreia nas pistas aos 15 anos

A velocidade está no DNA da família Piquet. Aos 61 anos, o patriarca Nelson é hoje um bem sucedido empresário que curte sua coleção de carros antigos. Mas já foi o terror de muitos adversários em seus mais de 20 anos de carreira nas pistas do Brasil e do exterior, faturando três títulos mundiais de Fórmula 1 entre 1981 e 1987. Seu herdeiro mais velho, Geraldo, de 36 anos, optou pelos caminhões e há dez temporadas disputa vitórias e títulos pelo Brasil na Fórmula Truck. Já Nelsinho, hoje com 28, seguiu carreira no exterior, chegou à F-1 e hoje está na Nascar. Laszlo, de 26, correu de kart por muito tempo, mas se descobriu nas corridas de supermoto. Com tantos exemplos, foi até natural que Pedro, de 15 anos, seguisse o mesmo caminho. Mas o Piquet-caçula dos cockpits, que neste fim de semana fará sua estreia no automobilismo sob o olhar atento do pai coruja, nega que tenha sofrido qualquer tipo de pressão.

Veja a noticia completa no Globo Esporte



Redação do Torcedores.com