“Poderia ser de topless”, diz lutador do UFC sobre combate entre mulheres

A luta entre mulheres no UFC virou alvo de polêmica nesta quinta-feira (9). Durante um podcast, Matt Brown disse que os combates femininos deveriam ser disputados com as lutadoras de topless. Para ele, essa seria a única forma de fazer a pena pagar pelos eventos.

– Em todas as lutas, as mulheres ficam em um canto da casa e os homens em outro. Aí vem a Ronda Rousey e a Miesha Tate lutar, e as mulheres se reúnem ao redor da droga da TV, como se fossem as malditas Kardashians chegando. Só acho que, se eu vou pagar 60 dólares para comprar um pay-per-view e assistir a uma luta de mulheres, elas deveriam pelo menos lutar de topless.

Apesar da crítica, Brown fez questão de voltar atrás do que havia dito inicialmente. Segundo o norte-americano, o fato das lutas entre as mulheres não possuir muitos nocautes, torna os combates menos vistosos.

– Quantos nocautes você vê nos combates das mulheres? Não é nada pessoal, eu respeito o que elas fazem, mas elas não têm o tipo de corpo e a força para nocautes. Se você não é bom na luta de chão no MMA feminino, você fica para trás.

Até o momento, Matt Brown tem um cartel de 18 vitórias e 11 derrotas no MMA. Se for levar em consideração apenas as lutas pelo UFC, o atleta de 32 anos acumula 12 vitórias e cinco derrotas.



Paulistano e apaixonado por esportes