Bernardinho, sobre candidatura: ‘Não sou um homem da política, nunca fui’

O técnico da seleção brasileira masculina de vôlei participou do Corujão do Esporte, na madrugada de sábado para domingo. Bernardinho falou sobre a possibilidade de entrar para a política. Ele negou que será candidato ao governo do estado do Rio de Janeiro, mas confirmou que realmente foi convidado. O comandante do time feminino do Rio apontou como um dos motivos a sua notória dificuldade ao que ele chamou de “engolir sapos”.

“O convite existe, mas eu não me vejo como candidato. Não sou um homem da política, nunca fui. Eu imaginava, na minha ingenuidade, que fazer bem feito a sua parte poderia ser suficiente para você inspirar algumas pessoas. Só que hoje a gente fica muito frustrado. Aí você começa a pensar: “está na hora de eu contribuir, pensar em contribuir”. Vir como candidato? Sou um treinador de seleção. O que seria? Então, é uma coisa que eu, momentaneamente, sinceramente, tento não pensar, porque a gente tem que ter foco naquilo que a gente faz.”

Veja a noticia completa e o vídeo no Globoesporte 



Redação do Torcedores.com